InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:
Tecnologia

Por que manter um sistema de conciliação de cartão de crédito?

Escrito por Marcos Tadeu Ferreira Gomes | 23/07/2018
  • 80 visualizações
  • 21 compartilhamentos

A conciliação de cartão de crédito é um processo que, comprovadamente, traz um grande benefício para o controle financeiro da empresa. Manter um sistema para essa operação faz com que o seu negócio tenha uma rotina eficiente de controle e segurança de todas as taxas, tarifas e vendas realizadas com esse meio de pagamento.

Mas, após uma primeira conferência, constatado as irregularidades, executadas as ações para acabar com os problemas, será que vale a pena manter um sistema de conciliação de cartão de crédito em sua empresa?

Por que manter um sistema de conciliação de cartão de crédito?

 

Conciliação de cartão de crédito é igual plano de saúde!

Essa comparação serve para afirmar a resposta da pergunta. O controle e a conferência do processo de vendas por cartões dão ao varejista segurança sobre as taxas cobradas, além de ser importante para toda atividade de venda, envolvendo até a definição dos preços dos produtos.

Para que os resultados dessa conferência sejam corretos e atualizados é preciso que seja realizada de forma automaticamente e independente, ou seja, sem que seja possível nenhuma alteração ou interferência nos dados que serão conferidos.

Na maioria das empresas, o primeiro processo de conciliação de cartão de crédito é sempre emblemático. O varejista encontra diversos problemas que podem ser evitados, que atuam como grandes fontes de prejuízos para o negócio.

Veja algumas dicas para escolher o melhor sistema de conciliação.

Porém, ao longo do tempo, com a continuidade do sistema, os erros vão se tornando mais raros e o processo começa a transcorrer de forma saudável. É justamente nesse momento que surge a pergunta se vale a pena a manutenção do sistema.

Essa dúvida acaba ao constatarmos que a interrupção da conferência por meio de sistema é determinante para o aparecimento de novas fraudes, taxas e cobranças indevidas.

Comparando com um plano de saúde, a conciliação de cartão de crédito é o que assegura que a saúde das vendas realizadas por meio de cartões esteja sempre boa. Em outras palavras, podemos afirmar que a conciliação impede a ocorrência de novos prejuízos para a empresa.

 

Por que manter um sistema de conciliação de cartão de crédito?

 

Com conciliação de cartão de crédito e sem: conta na ponta do lápis

Se ainda existe alguma dúvida quanto a importância da manutenção de um sistema responsável pela conferência das vendas de cartões, vamos ajudar.

Veja esse exemplo prático:

Em uma empresa, ao começar a utilizar um sistema para a conciliação foi detectado que uma série de processos estavam gerando prejuízos para as finanças do negócio.

Aluguel de máquinas: a operadora de cartão estava cobrando um valor pelo aluguel de uma máquina que não estava sendo utilizada pela empresa, pois estava com defeito.

Taxa de antecipação: as vendas realizadas com cartões de débitos também estavam sendo taxadas no processo de antecipação financeiro pela adquirente. O que sabemos que é impossível, afinal o período do pagamento do débito é 1 dia.

Como a empresa já atuava há 5 anos no mercado, imagina quanto teve de prejuízo por esses dois fatores que foram detectados por um sistema de conciliação de cartão de crédito.

Fato é que a empresa usou o sistema e conseguiu acabar com os problemas, passados 12 meses o varejista resolveu suspender a ferramenta, pois acreditava já ter extinguido esses acontecimentos.

Em uma consultoria realizada após 3 meses do cancelamento do sistema, foi detectado que a empresa já havia voltado a pagar o aluguel de uma máquina a mais, isso claro sem o conhecimento do varejista. Como não há mais o requerimento dos extratos para a conferência, as empresas envolvidas notam que não é controlado, o que abre possibilidade para cobranças indevidas.

A conciliação de cartão de crédito deve ser permanente

O sistema de conciliação de cartão de crédito deve ser uma ferramenta permanente do controle financeiro da empresa. Mesmo após acabar com os primeiros sintomas da doença (no caso os prejuízos) é preciso continuar executando ações para assegurar que eles não voltem a incomodar a saúde da sua empresa.

Gostou deste artigo? Baixe gratuitamente nosso e-book sobre conciliação de cartões e veja outras informações importantes.

Ficou com alguma dúvida sobre conciliação de cartão de crédito? Escreva para contato@infovarejo.com.br

Patrocinado:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no InfoVarejo?

Assine nossa Newsletter, é grátis e rápido. Assim você nunca perde nada do que se passa por aqui!


Apoiadores
avanco
si
conciliador
troco_simples