InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:
Tecnologia

Como conseguir a melhor taxa de cartão?

Escrito por Marcos Tadeu | 25/07/2018
  • 271 visualizações
  • 70 compartilhamentos

Quando falamos em vendas realizadas usando cartões, logo o primeiro pensamento do varejista é a taxa de cartão cobrada em cada operação. Esse pensamento faz parte de qualquer gestor, pois sabemos que essas tarifas podem complicar as transações e se não controladas podem gerar prejuízos para a empresa.

Conseguir uma taxa de cartão melhor é um objetivo de cada empresário, mas como conseguir alcançar essa meta? Existem alguns caminhos possíveis de seguir para chegar a esse resultado, vamos explicar com detalhes cada ação que você pode tomar para reduzir o valor que paga em sua loja.

Como conseguir a melhor taxa de cartão?

Afinal, como conseguir a melhor taxa de cartão? 5 dicas:

Conseguir melhorar a taxa de cartão que a sua loja paga para a operadora não é fácil, é preciso que você conte com processos bem estruturados e ferramentas qualificadas. Veja essas dicas para alcançar esse objetivo:

Dica 1. Tenha conhecimento sobre o que você está pagando:

Alguns varejistas pagam taxas altas pelo simples fato de desconhecerem o que estão pagando para a operadora. A falta de conhecimento sobre a natureza das taxas e os motivos de cada uma faz com seja difícil contestá-las e negociar melhores condições junto à adquirente.

Mensalmente é preciso que seja realizado um procedimento de conferência para saber se o que a sua empresa contratou está sendo cumprido pela operadora. Saber que os termos do contrato estão sendo seguidos é um conhecimento que o varejista precisa ter para saber com exatidão sobre as taxas que estão sendo pagas.

Veja os motivos para conciliar as vendas de cartão da sua loja. 

Por falar em saber sobre as taxas, a segunda dica é a forma como deve ser formalizado o serviço entre a sua empresa e a operadora de cartão.

Dica 2. Tenha um contrato para garantir os termos:

Como falamos, saber o que está sendo cobrado é importante, mas não adianta apenas o conhecimento sem a possibilidade de garantir e reivindicar o que foi acordado. A única forma de ter essa segurança é estabelecendo um contrato entre a sua empresa e a adquirente.

Nesse contrato deve estar estabelecido o valor de cada taxa que será cobrada, assim como os serviços oferecidos pela operadora. É importante lembrar que não existe apenas a taxa de cartão de cada venda, algumas empresas cobram aluguel da maquininha, tarifa para envio do extrato, taxa de antecipação, etc. é preciso que tudo isso esteja muito claro no contrato. Assim ao perceber uma irregularidade você conseguirá provar o erro.

Dica 3. Saiba como você está vendendo:

Partindo para o momento da negociação em busca da melhor taxa de cartão, você precisa ter em mãos os números de vendas da sua loja. Isso quer dizer que é preciso saber como é a movimentação de cada tipo de cartão em sua empresa.

Sua empresa realiza muitas vendas no crédito? Débito? Venda parcelada? Essas informações serão importantes para que você consiga melhores condições para as vendas que são maioria no seu negócio.

Do que adianta conseguir a melhor taxa de cartão para as vendas parceladas, sendo que a maioria das vendas na sua loja são no débito? Será que as taxas do débito podem ser melhoradas?

Sabendo o fluxo de vendas da sua empresa é possível calcular qual o percentual de taxa que será boa para cada operação. Em geral, cada tipo de venda possui um valor diferente, que é calculado sobre cada transação, sabendo sobre o volume e tendo conhecimento sobre o percentual é possível buscar melhores taxas com a operadora.

 

Como conseguir a melhor taxa de cartão?

 

Dica 4. Entenda a qualidade do serviço:

Ao buscar a melhor taxa de cartão para sua empresa é fundamental que você não esqueça da qualidade do serviço prestado. Não adianta nada contar com uma operadora que oferece a melhor taxa do mercado, porém não entrega os extratos mensais, demora a repassar o valor para sua empresa, não possui um serviço de manutenção ou sempre cobra tarifas adicionais.

Na hora de negociar a taxa é preciso que você coloque isso na balança, as vezes pagar um pouco a mais de taxa de cartão por uma empresa que seja transparente e confiável é melhor do que não ter certeza sobre o que você está recebendo.

Nesses momentos é importante entender o serviço como um todo, visualizando toda a operação de venda de cartão, dessa forma é possível fazer a conta do valor agregado do serviço e não apenas da taxa do cartão sobre as vendas.

Dica 5. Faça a conciliação de cartão

A conciliação das vendas realizadas com cartões é a forma de controlar toda a operação. Além de ter um papel importante na gestão dos recebíveis, taxas e evitar fraudes, esse procedimento também dá poder ao varejista, pois faz com que tenha conhecimento de todo o processo e assim consiga negociar com propriedade junto à operadora.

A conciliação de cartão também deixa o processo mais transparente e seguro, pois assegura que não há cobranças indevidas e nem absurdas.

Veja neste artigo como escolher um sistema de conciliação de venda. 

Para conseguir a melhor taxa de cartão é preciso conhecimento e ferramentas

Essas são as 5 dicas para você conseguir melhorar a taxa de cartão que a sua empresa paga para operadora. Vale a pena destacar que tudo se resume a dois fatores: ferramentas e conhecimento.

É preciso saber com precisão cada elemento que faz parte desse meio de pagamento. Taxas acordadas, número de vendas realizadas, tipos de vendas, serviços prestados, esses são alguns conhecimentos que o varejista precisa ter para conhecer o processo de vendas.

Algumas ferramentas ajudam nessa busca de esclarecimento, um software de gestão fornece números sobre vendas, por exemplo, enquanto um sistema de conciliar vendas dá ao gestor a visão clara e correta de todo processo, envolvendo taxas, valores e vendas.

Portanto não há como conseguir a melhor taxa de cartão sem contar com ferramentas qualificadas e conhecimento da operação.

Temos um e-book com as principais informações sobre a conciliação de cartão. Baixe gratuitamente. 

Quer saber outras informações para o controle financeiro da sua empresa? Assine nossa newsletter.

Ficou com alguma dúvida sobre como conseguir melhorar a taxa de cartão que você paga? Escreva para contato@infovarejo.com.br

Patrocinado: