InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:
Gestão

Aferição de balança: veja o que é fiscalizado pelo IPEM

Escrito por Marcus Vinícius C. Victorino | 01/08/2018
  • 555 visualizações
  • 64 compartilhamentos

A aferição de balança é um processo normal para o dia a dia dos varejistas que contam com produtos vendidos a peso em sua loja. Para muitos gestores é sempre uma preocupação saber o momento da visita de um fiscal, para outros não há o que se preocupar, pois tomam cuidados para sempre garantir o bom funcionamento.

Vamos apresentar alguns elementos importantes durante a aferição de balança, para que você esteja preparado para a fiscalização do IPEM e não sofra com multas e advertências.

Aferição de balança: veja o que é fiscalizado pelo IPEM

 

Principais pontos observados durante a aferição de balança:

1. Nivelamento

O local onde está o equipamento é muito importante para a aferição de balanças. Estes periféricos atuam de acordo com pesos que são colocados, desta forma é importante pensar que a superfície que estará por baixo deve ser plana e forte, de uma forma que suporte o peso que será colocado.

Alguns varejistas, cometem o erro de deixar balanças em superfícies irregulares, na hora na aferição de balança, esta superfície pode prejudicar o resultado encontrado e fazem com que a exatidão do equipamento seja prejudicada.

Além disso, as balanças saem de fábrica com uma configuração indicada para locais nivelados, caso seja instalada em local que não atenda essas condições, prejudicará toda sua operação, inclusive durante a fiscalização.

2. Repetibilidade

A aferição de balança é composta por alguns testes realizados pelo fiscal do IPEM. Um desses testes é a repetibilidade de resultados. O fiscal usa um peso padrão e realiza o teste, normalmente, 3 vezes, conferindo se em todas pesagens o resultado será o mesmo.

3. Teste de pesagem de canto

A aferição de balança consiste na inspeção sobre a exatidão da balança, isso envolve a verificação se em todos os pontos do prato da balança o resultado encontrado é o mesmo, ou se não foge das variações previstas para cada equipamento. Assim, o teste de canto envolve a pesagem de um peso nas áreas periféricas do prato da balança.

É importante falar que cada equipamento possui uma tolerância de variação. Esse valor é definido de acordo com a faixa de pesagem de cada balança e os padrões aceitáveis são apresentados na portaria do INMETRO.

4. Teste da carga máxima

Como o nome diz, o teste da carga máxima é a parte da aferição da balança que o fiscal verifica se a balança apresenta um resultado igual ao peso da sua capacidade máxima. Se a balança possui capacidade total de 20 quilos, é colocado peso padrão aferido e verifica-se o resultado apresentado.

Aferição de balança: veja o que é fiscalizado pelo IPEM

 

5. Chapa de série

A chapa de série é o componente responsável pela identificação da balança. Nessa chapa algumas informações são localizadas, dados como: identificação do fabricante com CNPJ, número de série e portaria.

Essa chapa está presente tanto em algum ponto da lataria do equipamento (externo), quanto dentro do equipamento (interno). Como as duas informações devem ser semelhantes, se houver algum dado que não bate, o varejista será penalizado e multado.

Se a chapa de série da sua balança for tipográfica é preciso ter cuidado durante a limpeza, alguns produtos fazem com as informações sejam apagadas, gerando complicações durante a aferição de balança.

6. Lacre

Durante a aferição de balança é inspecionado se o equipamento está lacrado. Esse lacre é colocado por uma empresa com capacidade para isso, que tenha licença do IPEM para realizar tal serviço.

O lacre garante que o equipamento não passou por nenhuma alteração, assegurando que as configurações sejam mantidas. Além de ser importante durante a aferição de balança, também é importante para a manutenção, pois garante que todos os componentes estejam intactos.

7. Idioma

Atualmente o idioma é um ponto que é também verificado pelo fiscal do IPEM. A balança da sua loja precisa ser configurada para o português. Na hora da aquisição do equipamento é importante que você tenha cuidado com este ponto, para que depois não tenha que comprar um outro equipamento que atenda este requisito.

Importância de ter processos definidos para assegurar a aferição de balança

Para o varejista a melhor forma de garantir o cumprimento de todas as normas estabelecidas pelo IPEM é contar com processos de ajuste definidos. A manutenção preventiva de balanças é o caminho para sempre contar com equipamentos regulados.

A aferição de balança deve ser feita por uma empresa que seja especializada neste assunto. Indicamos inclusive, que você procure quem realiza aferições semelhantes a do IPEM, isso garantirá que todos os requisitos sejam observados, impedindo que você seja surpreendido com alguma multa ou advertências durante uma fiscalização.

Quer saber mais sobre aferição de balança e outras rotinas deste equipamento? Baixe gratuitamente o Guia completo da balança para varejo. 

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus contatos do varejo.

Ficou com alguma dúvida sobre a aferição de balança? Escreva para contato@infovarejo.com.br

Patrocinado: