InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:
Tecnologia

As vantagens da automação Comercial para varejo

Escrito por Gabriel Junqueira | 08/09/2016
  • 611 visualizações
  • 52 compartilhamentos

É comum que alguns supermercadistas tenham uma certa resistência quando o assunto é tecnologia. Entretanto a automação comercial para varejo é uma questão de sobrevivência no mercado.

Muitas vezes quando se pensa em otimização de processos internos das empresas do varejo, uma tradição pode falar mais alto, aquela que acredita que algumas atividades devam estar “debaixo de sete chaves”, ou seja, se mantenham manuais, literalmente na mão do dono.

Mas será que essa é realmente a melhor forma de conduzir uma loja nos tempos atuais?

Na operação diária o varejista é cercado de uma série de desafios, o grande volume de produtos que faz parte do estoque da loja, o alto fluxo de pessoas nos corredores, a variedade de mercadorias e as várias particularidades de cada uma, com suas tributações, regras, processo de venda e outros tantos. Portanto contar com ferramentas para auxiliar a operação é fundamental para manter a qualidade em todos os setores da loja.

Mas afinal, o que é automação comercial para varejo? Como ela pode ser a solução para vários dos problemas que o varejista enfrenta no dia a dia?

Definindo automação comercial para varejo

Automação Comercial nada mais é do que a utilização de softwares e hardwares para automatizar as atividades comerciais da loja.

Normalmente se refere aos equipamentos do checkout (os caixas), utilizados no processo de venda para os consumidores. Porém, com a evolução da tecnologia pode ser usada em diversos setores do negócio.

Confira neste artigo os principais equipamentos do ponto de venda.

Quais os benefícios da automação comercial para varejo?

Como falado acima, o varejo em geral lida com um grande fluxo de clientes na loja e com uma grande quantidade de mercadorias, portanto, são necessárias ferramentas para DAR CONTA DO RECADO.

É no ponto de venda que o seu cliente finaliza a experiência de compras, enquanto são geradas muitas informações: que produtos comprou, quanto pagou e como pagou. Coletar essas informações, processá-las e garantir que todas elas indiquem o que ocorreu no caixa, no momento da venda, é função da automação comercial.

Esse conjunto de dados será a base para alimentar diversos processos internos da empresa, desde as compras para reposição de estoque, o inventário para a sua conferência, a reposição para evitar perdas e as análises gerenciais, que constitui parte fundamental para a tomada de decisão.

Baixe nosso material gratuito com todas as informações sobre o PDV: Manual completo do Ponto de Venda.

O ganho em eficiência operacional, segurança e na melhoria do atendimento ao cliente fortalece a empresa e contribui diretamente para o retorno do cliente para novas compras.

Veja a seguir algumas vantagens geradas pela automação comercial para varejo:

1. Segurança – minimizando erros e fraudes

A automatização do processo de venda minimiza drasticamente os erros de lançamentos, pois as informações são geradas automaticamente pelo software, normalmente a partir dos códigos de barras dos produtos.

Por outro lado, funcionários ou clientes mal intencionados têm pela frente um desafio bem maior.

Infelizmente existem muitas maneiras de ocorrerem fraudes no momento da venda. Entretanto, está provado que as empresas com bom controle de suas informações têm menor ocorrência de fraudes.

Ainda assim, o varejista deve estar ligado na criatividade do fraudador, pois novidades são comuns, como o caso da substituição do POS da loja por um de terceiro, direcionando toda a receita de venda em cartões para o fraudador.

Se não houver uma conferência diária, como a promovida por um processo de fechamento de caixa, essa e outras fraudes podem passar despercebidas. Mais uma vez a tecnologia pode ajudar. Com a adoção do TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) esse risco é eliminado.

Confira esse artigo e entenda sobre o TEF.

Além do aumento da segurança no recebimento de clientes, o empresário do varejo contará com um controle maior sobre suas vendas. Por meio de um bom software de automação é possível saber, em tempo real, como está o desempenho das vendas, independentemente do lugar onde esteja.

As vantagens da automação Comercial para varejo

 

2. Eficiência Operacional

Uma das traduções de eficiência operacional, conquistada com o uso da automação comercial para varejo, é a otimização do tempo da equipe, que faz com que os seus colaboradores se dediquem às atividades que realmente importam.

Da mesma forma, automatizando os processos o dono não precisará ficar “vigiando” os caixas e poderá se dedicar com mais tranquilidade às outras inúmeras atividades do seu negócio.

A automação comercial também permite um redirecionamento de funcionários para atividades antes classificadas como segundo plano, significando que a mesma quantidade de pessoas passam a executar mais, o que significa aumento de produtividade e, consequentemente, do lucro da empresa.

3. Atendimento

Como o cliente percebe a loja que tem uma boa automação comercial?

Situações como dúvida sobre o preço de produtos, questionamento quanto ao seu peso, soma do valor dos produtos em calculadora, utilização lenta de POS e com problemas de digitação dos valores, constituem situações que em nada contribuem para a preferência do consumidor.

O cliente valoriza uma venda com velocidade e livre de erros, que evita qualquer tipo de constrangimento na frente do caixa, que permita um pagamento ágil, seja em cartão ou em qualquer outra forma, que lhe seja entregue um comprovante detalhado de sua compra. E com arrojo, ofereça, além dos produtos, outras prestações de serviço, como, por exemplo, uma recarga de celular.

E lembre-se, o cliente pode demorar dentro da loja, nunca na fila do caixa!

4. Apoio à tomada de decisão

Haveria maior segurança a ser oferecida ao varejista do que poder comprar, pagar, armazenar, repor, vender e receber com segurança, com produtividade e assertividade?

Se a visão externa da automação comercial é o atendimento ao cliente, podemos dizer que a visão interna é o aproveitamento das inúmeras informações geradas por ela.

A última fase da análise, é traduzir o conjunto de todas as vendas em tomada de decisão. Com informações completas sobre as vendas é possível entender e descobrir maneiras de potencializar os resultados.

Saber qual é o horário de pico de vendas, os produtos mais vendidos por horários, ajudam o varejista a organizar melhor sua equipe e realizar campanhas direcionadas aos clientes.

Momentos de ociosidade podem ser aproveitados para organizar as gôndolas evitando ruptura e perda de vendas. Esses são pequenos exemplos de que informação dá subsídio para que o empresário conheça melhor seu negócio e otimize ações que acabam fazendo grande diferença!

Quer saber como evitar reduzir as perdas em sua loja? Veja esse artigo.

Automação comercial para varejo: tecnologia a favor do varejista

Não tenha receio de investir em tecnologia e adotar ferramentas que possam auxiliar na operação e a gestão de sua empresa. Um bom software de automação é o começo!

sistema de gestão é uma importante automação comercial para varejo, pois ajuda em diversas áreas da loja.

Veja nesse artigo os motivos de implantar um software de gestão em seu negócio.

Gostou do artigo? Deixe um comentário com sua opinião.

Ficou com alguma dúvida sobre automação comercial para varejo? Mande um e-mail para contato@infovarejo.com

 

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no InfoVarejo?

Assine nossa Newsletter, é grátis e rápido. Assim você nunca perde nada do que se passa por aqui!


Apoiadores
avanco
si
conciliador
troco_simples