Sistema de gestão gratuito: como avaliar?

O mercado está cada vez mais dinâmico, o resultado desse fato é que no momento que varejista vai procurar um software de gestão para sua loja ele encontra diversas opções. É comum encontrar disponível uma opção de sistema de gestão gratuito, por conta disso o empresário acredita que achou a melhor opção, afinal nada melhor do que ganhar algo de graça.

No momento de decidir, bate uma certa insegurança, será que esse negócio funciona, é de graça mesmo? O que fazer?

Sistema de gestão gratuito: como avaliar?

 

Esse post é para ajudar você a avaliar se vale a pena ter um sistema de gestão gratuito em sua loja. Mas antes vamos esclarecer alguns pontos.

Não existe almoço grátis

Essa é a frase que os economistas mais amam, como um economista posso dizer, nada mais verdadeiro! A frase significa que tudo tem um custo. Mesmo que não seja você, alguém está pagando o almoço, entendeu?

Existem oportunidades de utilizar ferramentas de maneira gratuita, como é o exemplo do emissor de nota fiscal eletrônica gratuito, atualmente fornecido pelo estado do Maranhão. Nesse caso, quem está pagando é o contribuinte maranhense.

Quer saber tudo sobre a emissão de nota fiscal eletrônica? Baixe gratuitamente nosso material “Tudo que você precisa saber sobre NF-e”

Bom, voltando ao assunto, vamos avaliar se o sistema de gestão gratuito é um bom negócio para seu varejo:

1. Que tipo de gratuito é esse?

O primeiro passo é identificar que tipo de gratuidade é o software e a razão de ser assim.

Temos várias modalidades de gratuito, os mais comuns são os softwares que têm planos gratuitos, mas com módulos limitados, sendo assim quando você precisar utilizar todas as funcionalidades vai perceber que precisa pagar, e pode sair mais caro.

Se o software é inteiramente gratuito e é suportado por uma empresa, analise e identifique qual é a objetivo da empresa. Como ela ganha dinheiro? Algumas empresas oferecem um sistema de gestão gratuito, mas em contrapartida utilizam seus dados (utilizar = vender, ok?), promovem publicidade e propagandas, ou os dois!

Nesse caso você deve avaliar esses pontos com cuidado. Promover publicidade em um software de gestão pode ser algo que pareça valer a pena, mas se essa publicidade atrapalha a usabilidade do sistema ou dispersa a atenção ao trabalhar, quanto isso custa?

Quanto custa uma distração no momento de trabalho? Digamos que sua produtividade reduza 10% por conta dos anúncios. Quanto custa 10% desse tempo?

Coloque isso na conta.]

2. Atendimento

Outro importante quesito que deve ser analisado no momento de decidir se vale a pena contar com um sistema de gestão gratuito é o suporte oferecido pela empresa.

O software de gestão é responsável pela gestão de operações críticas da sua loja, são processos que envolvem dinheiro, tempo do varejista e tempo de funcionários que a empresa arca com os honorários.

Por se tratar de um sistema crítico e com muitas integrações, uma hora ou outra você precisará de apoio. A regra de negócio pode até ser simples para você, mas em algum momento haverá uma dúvida. Pode ser uma pequena falha operacional proveniente de um descuido humano, ou a falta de experiência de um novo funcionário.

No momento que você precisar de suporte a quem recorrer?

Mesmo antes de iniciar o uso do sistema, para a realização de treinamento. Alguns setores, como o responsável pelas questões fiscais, precisam de preparo para que os funcionários consigam lidar com o arcabouço fiscal, como dar entradas e emitir notas fiscais. Quem você vai procurar para treinamento?

Existe uma razão para o atendimento ao usuário existir. Coloque na conta quanto custa.

3. Segurança

Um software de gestão é responsável por transmitir importantes informações da sua empresa, essas informações podem ser fiscais, gerenciais e até financeiras. Qual garantia que você terá usando um sistema de gestão gratuito? Quem garantirá que os dados estarem em um servidor seguro e sobre a administração de uma empresa confiável?

No momento de escolher a empresa que vai fornecer um software de gestão para seu varejo, uma das dicas mais importantes é pesquisar sobre a empresa que está por trás do sistema. O seu negócio demanda muita atenção e cuidado, deixar informações essenciais na mão de um desconhecido é um grande erro.

Conheça as outras dicas para você escolher o melhor sistema de gestão para sua loja. Veja esse artigo.

Sistema de gestão gratuito: barato que sai caro

O varejista precisa enxergar o software de gestão como um investimento e ferramenta de produtividade da sua empresa.

Tratar um sistema de gestão, no qual passam todas informações da sua empresa, desde gerenciais a tributárias e fiscais nas quais carregam uma responsabilidade grande, da mesma forma que você trata outros produtos, não é inteligente.

O grande objetivo de um software de gestão é facilitar e melhorar a vida do varejista, otimizando os processos e assegurando que a produtividade da sua empresa aumente. Um sistema de gestão gratuito além de não dar segurança ao empresário, pode se tornar em mais uma dor de cabeça, o resultado é que no final o investimento será ainda maior.

Preparamos um artigo com as 10 características que um software de gestão precisa ter para atender sua loja; Confira.

Ficou com alguma dúvida? Mande um e-mail para contato@infovarejo.com

Apesar de tudo que falamos, você ainda acha que vale a pena ter um sistema de gestão gratuito? Deixe sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Apoiadores do InfoVarejo

{"slides_column":"4","slides_scroll":"1","dots":"false","arrows":"true","autoplay":"true","autoplay_interval":"2000","loop":"true","rtl":"false","speed":"1000","center_mode":"false"}