InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:

Varejo

Serviços que ajudam a atrair e reter clientes

Serviços que ajudam a atrair e reter clientes

Gestão, Varejo
Diante da situação econômica atual os consumidores mudaram seus hábitos, aumentaram o controle sobre os gastos e diminuíram a quantidade de visitas às lojas. Neste cenário recessivo é importante que o varejista utilize o máximo da tecnologia a seu favor para aumentar o fluxo de pessoas na loja. Conquistar novos clientes e reter os atuais é o desafio! Por isso oferecer serviços aos clientes é um bom caminho.Faça da prestação de serviços aos seus clientes um diferencial, um atrativo extra para que a vizinhança visite, conheça e, principalmente, compre na sua loja. Veja algumas opções que a tecnologia propicia para atração de consumidores à sua loja:Recarga de Celular Uma oferta rentável é a Recarga de Celular. Segundo a Anatel, até maio de 2016 o Brasil contava com mais de 190 milh
O que eu ganho ao aceitar cartões de crédito e débito na minha loja?

O que eu ganho ao aceitar cartões de crédito e débito na minha loja?

Tecnologia, Varejo
Mesmo no pequeno varejo, uma mercearia, empório ou pequena padaria, aceitar cartões de crédito e de débito deixou de ser opcional e se tornou imperativo. Quem manda é o cliente, por isso, a não adoção desse meio de pagamento significa perda de vendas. Apesar da maioria dos varejistas já terem essa consciência, escrevemos esse post para ajudar em eventuais dúvidas e reforçar a importância desse meio de pagamento para o varejo.Alguns varejistas ainda ficam na dúvida, pois aceitar cartão na loja tem custo. Além das taxas das operadoras, que podem atingir até 4% sobre o valor da venda, é necessário alugar ou comprar um POS ou contar com um TEF integrado ao PDV, equipamento para a leitura dos cartões de crédito e débito. Adicionalmente, há necessidade de se controlar os créditos feitos pela
3 dicas de como evitar gastos desnecessários no varejo

3 dicas de como evitar gastos desnecessários no varejo

Gestão, Varejo
"Custo é como unha. Tem de cortar sempre". Esse é o lema de um dos maiores empresários do mundo, além de um dos homens mais ricos do Brasil, Jorge Paulo Lemann. No supermercado, padaria ou mercearia não é diferente. O varejista deve ser paranoico com gastos e custos e, mesmo se a loja estiver dando resultados positivos, é fundamental questionar e estudar maneiras de reduzi-los. Como diz o velho ditado: “Dia de muito, véspera de pouco!”Nesse post vamos dar algumas dicas para facilitar essa vigília. Afinal de contas, no dia a dia atarefado de todo varejista, há muitas outras coisas para olhar.1. Controle Financeiro Passe a registrar e classificar todas as despesas da empresa. O primeiro passo é enxergar onde acontecem todos os gastos da loja. Em seguida, analise individualmente o qu
10 causas de problemas no seu estoque

10 causas de problemas no seu estoque

Gestão, Varejo
O estoque é o coração do varejo, principalmente no caso de supermercados, padarias e mercearias que trabalham com uma grande quantidade de itens e com produtos perecíveis. Por isso, vale a pena investir tempo e esforço para controlar essa área da sua loja.A tecnologia é uma grande aliada, mas sozinha não resolve o problema. Processos operacionais são fundamentais, uma vez que a gestão de estoque no varejo é muito vulnerável a eventos do dia a dia. Já parou para pensar quanta dor de cabeça é gerada pela falta de controle do estoque? Para começar, onde está a origem do problema? Quais são as maiores causas desse problema que tira o sono do varejista?Listamos 10 causas de problemas no seu controle de estoque: 1 - Comprar mais que o necessário A compra em excesso traz risco de venci
Descubra por que direcionar equipes é potencializar resultados

Descubra por que direcionar equipes é potencializar resultados

Gestão, Varejo
A palavra do momento no Brasil: crise. A população vem sentindo o impacto da instabilidade econômica e política no bolso. A perda de credibilidade no cenário exterior, a desvalorização do Real e a inflação fazem com que as pessoas pisem no freio e reduzam gastos com itens de consumo rotineiros. A insegurança determina mudança de comportamento nas famílias brasileiras; é hora de equilibrar o orçamento e garantir o básico.Pesquisar preços, optar por produtos de marcas desconhecidas e mais baratas são alternativas que o consumidor vem desenvolvendo para sobreviver à crise. Se a rotina das pessoas mudou e a relação com as gôndolas dos supermercados estão mais objetivas e racionais do lado de cá, o que tem feito varejista para minimizar os impactos do lado de trás do balcão?Direcionamen
Cuidados com a balança. Quais são os riscos na pesagem de produtos?

Cuidados com a balança. Quais são os riscos na pesagem de produtos?

Gestão, Varejo
Você sabia que todo produto pesável deve ter o peso da embalagem (tara da embalagem) descontado no cálculo do valor a pagar pelo seu cliente? Veja essa e outras informações importantes sobre o uso da balança em sua empresa.Normalmente, quando você sobe em uma balança para dar aquela “conferida”, você dá um “desconto” para compensar o peso da roupa e dos sapatos, não é mesmo? De forma análoga, a sua loja deve descontar o “peso extra” da embalagem ao fazer a pesagem, pois o consumidor não quer pagar plástico e isopor ao preço do produto que ele estiver comprando. Além do risco de criar constrangimento em sua loja e perder o cliente, existem questões jurídicas que protegem o consumidor. A balança usada na sua loja deve ser de marca e modelo aprovado no INMETRO – Instituto Nacional de Met
As Olimpíadas e o atendimento nos supermercados

As Olimpíadas e o atendimento nos supermercados

Gestão, Varejo
Para comemorar a abertura das Olímpiadas no Brasil, o portal InfoVarejo convidou o consultor Jerry Coutinho para falar em um artigo especial sobre os desafios e modalidades no atendimento dos supermercados. Ficou curioso(a)? Confira:   Começaram os jogos olímpicos do Rio de Janeiro 2016. Como fã de esportes, espectador e profissional de consultoria que não consegue desligar o “olhar observador”, consegui ver semelhanças entre algumas modalidades e a Excelência em Atendimento nos Supermercados. É possível verificar algumas semelhanças, infelizmente não muito positivas, confira:Visitando um supermercado esses dias, eu vi tantos “obstáculos” nos corredores entre as gôndolas, que mais parecia uma pista de uma corrida com barreiras. Nas olimpíadas de Pequim, ao ver o atleta chinês cair na
Equipamentos no PDV. O que avaliar?

Equipamentos no PDV. O que avaliar?

Tecnologia, Varejo, Vídeos
Sempre nos referimos ao Ponto De Venda como o local “sagrado” do varejo, pois ali se finaliza a experiência de compras do seu cliente. O cliente, ao retornar à sua loja, indica que você está no caminho certo. Neste artigo, focaremos os equipamentos que compõem o PDV (Ponto de Venda). Esse artigo faz parte do e-book gratuito Manual Completo do Ponto de Vendas!  Sabemos que é um desafio entender o significado e importância de tantas siglas, por isso publicamos o Vocabulário no Ponto de Venda como uma fonte de consulta para te ajudar na compreensão de alguns termos. Entretanto, antes de avançarmos vale a pena trabalharmos o conceito de Check-out.Check-out Check-out é uma palavra em inglês, que remete para o ato de sair, fechar uma conta ou dar baixa em algum tipo de processo. Essa
Legislação no PDV, fornecedoras de software e os reflexos ao varejista

Legislação no PDV, fornecedoras de software e os reflexos ao varejista

Legislação, Varejo
A fiscalização no varejo é cada vez mais presente e o fisco tem adotado novas estratégias de garantir o cumprimento de todas as obrigatoriedades. Dessa forma ter certeza do andamento correto da legislação no PDV (ponto de venda) é garantir que a empresa não sofra consequências legais. Ao longo dos anos, observamos uma legislação cada vez mais abrangente e uma fiscalização crescente, exigindo mais profissionalismo e impondo uma série de obrigações e exigências para todas as partes envolvidas: varejistas, contadores e desenvolvedores de software, conhecidas como software houses.Nesse cenário, várias software houses não conseguem acompanhar a legislação, oferecendo ao mercado soluções paliativas e inseguras fiscalmente. Observa-se a existência de soluções tecnologicamente atualizadas por
Fim do emissor gratuito de NF-e. E agora?

Fim do emissor gratuito de NF-e. E agora?

Legislação, Varejo
Após a divulgação da notícia do fim do emissor gratuito de NF-e da SEFAZ-SP, as empresas que utilizavam essa ferramenta para envio dos documentos eletrônicos se viram diante da dificuldade de encontrar outra solução que atenda ao seu negócio.Uma pesquisa feita pela SEFAZ apontou que a maioria das empresas utiliza outros emissores, mais completos e integrados com softwares de gestão, o que motivou a Secretaria da Fazenda por descontinuar o sistema. Embora a notícia indique que apenas 7,8% das notas emitidas são feitas pelo software gratuito, certamente que a quantidade de emitentes que a utilizam é bem maior. A notícia pegou muitos contribuintes e contadores de surpresa, já que a emissão das notas fiscais eletrônicas é obrigatória para a maioria das empresas e o serviço não pode ser in