fbpx

Varejo

Como realizar o processo de devolução de venda na sua loja?

Como realizar o processo de devolução de venda na sua loja?

Gest√£o, Varejo, Vendas
Durante o funcionamento da loja, um processo de devolução de venda de mercadorias é comum, por isso o varejista precisa treinar sua equipe para realizar essa atividade de forma correta e eficiente, evitando problemas fiscais e problemas nos processos internos da loja, como o controle de estoque e a gestão financeira.Como é realizada a devolução de venda na loja? Normalmente, quando o cliente chega ao supermercado com a intenção de devolver um produto comprado, ele é direcionado ao balcão de apoio, onde normalmente fica o guarda-volumes da loja. Neste local são realizados todos os procedimentos necessários, como a apresentação do produto, a conferência do estado do produto que será devolvido, o preenchimento dos dados completos do cliente e o fornecimento de uma nota (contra vale), ou
Quais os principais equívocos no cadastro de produtos da loja?

Quais os principais equívocos no cadastro de produtos da loja?

Estoque, Gest√£o, Varejo
Muitas empresas ainda avaliam o cadastro de produtos como algo de import√Ęncia secund√°ria para o neg√≥cio. √Č um erro. Evitar equ√≠vocos no cadastro de produtos √© um procedimento fundamental para melhorar processos em √°reas importantes da loja, como o controle de estoque e vendas, por exemplo.F√°tima Merlin consultora em gerenciamento por categorias, acredita que ter um cadastro adequado, seguindo uma estrutura mercadol√≥gica que reflita as necessidades do shopper, √© requisito b√°sico para a boa gest√£o. F√°tima conhece t√£o bem a relev√Ęncia do tema que costuma fazer uma recomenda√ß√£o direta a seus clientes: ‚ÄúSe n√£o tem verba, invista s√≥ em cadastro‚ÄĚ. A orienta√ß√£o n√£o vem por acaso. S√£o muitas as vantagens de se trabalhar com essa base de dados organizada, seguindo um padr√£o e segmentando confor
Reposi√ß√£o de estoque, qual a import√Ęncia da velocidade dessa opera√ß√£o?

Reposi√ß√£o de estoque, qual a import√Ęncia da velocidade dessa opera√ß√£o?

Estoque, Gest√£o, Varejo
No varejo, uma das principais sabedorias compartilhadas √© que se o produto n√£o est√° dispon√≠vel, ele n√£o ser√° vendido. Por essa frase podemos perceber a influ√™ncia e a import√Ęncia da reposi√ß√£o de estoque para manter as prateleiras sempre abastecidas.Reposi√ß√£o de estoque: gerando receita para o neg√≥cio Muitos varejistas entendem o estoque como sin√īnimo de gastos e perda de tempo para os processos realmente importantes para a empresa, esse entendimento est√° completamente errado. Na verdade, o estoque faz parte do processo de venda de um produto, ent√£o se controlado e bem gerenciado, o estoque pode ajudar a empresa a gerar receitas e a cortar custos desnecess√°rios. Podemos usar como exemplo o controle de perdas. Evitar esses problemas √© o caminho mais f√°cil para o gestor melhorar os re
4 dicas para evitar loja parada

4 dicas para evitar loja parada

Gest√£o, Varejo
O pior pesadelo para qualquer varejista √© imaginar sua loja parada. Evitar que o funcionamento do estabelecimento seja interrompido precisa ser uma preocupa√ß√£o primordial do gestor, de forma que ele implante em sua empresa alguns processos e atividades que assegurem exerc√≠cio do principal objetivo do varejo: a venda.Vamos apresentar 4 dicas que ser√£o a base para processos que ajudam o varejista a evitar o risco da loja parada e consequentemente a interrup√ß√£o das vendas.1. Mantenha a loja em dia com as obriga√ß√Ķes fiscais e legais A primeira dica para evitar loja parada em momentos em que ela poderia estar operando e vendendo produtos √© atender todas as obriga√ß√Ķes que cercam o cotidiano de uma empresa do varejo. Isso quer dizer que √© preciso estar em dia com as regulamenta√ß√Ķes fisca
Quando implantar um sistema ERP em seu negócio?

Quando implantar um sistema ERP em seu negócio?

Software ERP, Tecnologia, Varejo
Se voc√™ √© um varejista e n√£o conta com um sistema ERP e com um software de ponto de venda, tamb√©m chamado de frente de caixa ou apenas PDV, voc√™ j√° deve ter sido abordado por v√°rias empresas e at√© mesmo por consultores.Para o pequeno varejista, um questionamento recorrente √© se vale a pena o investimento em um sistema ERP na loja. Se a sua loja tiver mais do que dois caixas, sem d√ļvida vale a pena, pois com certeza voc√™ tem um fluxo consider√°vel de clientes e produtos, bem como boa quantidade de mercadorias em estoque. Portanto, o custo de se gerenciar e os riscos de tomar preju√≠zo compensam. Convivendo diariamente com varejistas que desejam implantar um sistema ERP em seus neg√≥cios, percebemos 3 motiva√ß√Ķes principais:Como ter controle sobre as vendas no caixa? O caixa, tamb√©m ch
Como reduzir custos evitando a rotatividade de funcion√°rios no varejo?

Como reduzir custos evitando a rotatividade de funcion√°rios no varejo?

Gest√£o, Gest√£o de Pessoas, Varejo
A rotatividade de funcion√°rios representa um alto custo para o varejista que envolve gastos com sele√ß√£o e treinamentos, al√©m dos custos invis√≠veis que s√£o dif√≠ceis de serem mensurados como o conhecimento, cultura da empresa, a progress√£o de processos internos e o relacionamento com os clientes.Como fazer para minimizar os custos com a rotatividade de funcion√°rios? 1. Recrutamento Voc√™ j√° viu aqueles processos em que muitos candidatos s√£o recrutados para apenas uma vaga? Sabe qual √© o segredo? √Č que, geralmente, quanto menos op√ß√Ķes para escolher, pior √© a escolha. Quando temos muitas op√ß√Ķes, temos v√°rios par√Ęmetros de compara√ß√£o, aumentando a chance de assertividade, por isso invista nessa etapa, busque diversas fontes para divulga√ß√£o de vagas, como associa√ß√£o de lojistas, redes so
Entrevista por competências: o que é e como ela pode ajudar na sua loja?

Entrevista por competências: o que é e como ela pode ajudar na sua loja?

Gest√£o, Gest√£o de Pessoas, Varejo
Você tem dificuldade de preencher um cargo que está vazio em sua empresa? O resultado dos processos seletivos para a contratação de novos talentos nem sempre te agrada? Se as respostas dessas perguntas forem positivas, está na hora de conhecer a entrevista por competências e acabar com essa dor de cabeça para a gestão de pessoas do seu negócio.Hoje nosso texto é para você, recrutador ou líder, que conduz processos seletivos em sua empresa, pois sabemos da dificuldade que é encontrar a pessoa ideal para cada cargo. Sempre digo que não existe perfil certo ou errado e sim o perfil ideal para cada ocupação e para encontrarmos esse talento temos um longo caminho de análises e seleção, normalmente, o recurso mais utilizado por estabelecimentos é a entrevista. A entrevista de emprego é uma d
Invent√°rio rotativo de estoque em supermercados. Como e por que fazer?

Invent√°rio rotativo de estoque em supermercados. Como e por que fazer?

Estoque, Gest√£o, Softwares, Tecnologia, Varejo
O controle de estoque √© a chave para o sucesso de todo varejo, principalmente supermercados, que devido ao alto giro e a grande quantidade de mercadorias em seu MIX precisam manter atualizado e correto o controle dos produtos em estoque e nas g√īndolas. Um dos processos b√°sicos que garante o controle √© o invent√°rio rotativo.Para um bom controle de estoque √© necess√°rio que aconte√ßa, regularmente, um invent√°rio do estoque em sua loja. Alguns varejos fazem esse invent√°rio uma vez por ano e outros a cada tr√™s meses.Mas afinal o que √© invent√°rio de estoque? Invent√°rio de estoque pode ser resumido como a contagem, identifica√ß√£o e classifica√ß√£o de todos os produtos que sua loja possui. Normalmente, tamb√©m √© chamado de balan√ßo do estoque. A partir do invent√°rio √© poss√≠vel encontrar e ana
Práticas tributárias: como economizar com tributos sem recorrer à sonegação?

Práticas tributárias: como economizar com tributos sem recorrer à sonegação?

Legislação, Tributação, Varejo
O Fisco est√° cada vez mais automatizado, dessa forma √© preciso que o varejista recorra √† algumas pr√°ticas tribut√°rias para evitar problemas com a fiscaliza√ß√£o. Conhe√ßa maneiras de reduzir o pagamento de impostos sem burlar a legisla√ß√£o.Um varejista procurou ajuda de um especialista para diminuir o pagamento de impostos. Na reuni√£o, informou que pagava quase 10% de imposto sobre o total do faturamento (cerca de R$ 100 milh√Ķes ao ano) e reconheceu que n√£o operava 100% dentro da legalidade. O especialista explicou haver maneiras de atuar corretamente e, ao mesmo tempo, reduzir sua carga tribut√°ria, pelo menos, √† metade. O empres√°rio n√£o acreditou. ‚ÄúIsso n√£o existe‚ÄĚ, disse e encerrou ali a reuni√£o. O caso, que √© real, e foi contado a SM por uma fonte que pediu para n√£o ser identificada,
Cupom fiscal: para que serve e quando sou obrigado a emitir?

Cupom fiscal: para que serve e quando sou obrigado a emitir?

Legislação, NFC-e, Varejo
Quando falamos em PDV um dos termos mais comuns √© o cupom fiscal. Por se tratar do principal comprovante de venda, esse cupom faz parte da rotina de muitos varejistas e consumidores.Para que serve o cupom fiscal? O cupom fiscal √© o documento que serve para documentar e comprovar uma transa√ß√£o comercial realizada entre estabelecimento e consumidor final. Al√©m da import√Ęncia para a comprova√ß√£o da venda para varejistas e clientes, o cupom tamb√©m √© importante para o fisco, pois serve como base para a an√°lise de pagamento de impostos e tributos de produtos. O cupom fiscal √© equivalente √† nota fiscal, sendo esses dois documentos usados para o mesmo fim: ser a comprova√ß√£o fiscal das vendas realizadas. O que diferencia um do outro √© o tipo de empresa que emite, para ser mais preciso, o cup