fbpx
Gestão

Tech for Good: uma visão positiva de futuro no pós pandemia 

Escrito por Virginia Villaescusa Vaamonde | 03/12/2020
  • 340 visualizações
  • 37 compartilhamentos
Tempo de leitura: 3 minutos

O mundo pós pandemia não será o mesmo, e precisaremos de preparo para nos integrarmos a este novo contexto composto por outras demandas da sociedade. 

A tecnologia ganha ainda maior importância, especialmente com o fenômeno conhecido pelos estudiosos como Tech for Good – em outras palavras, a preocupação com o futuro, com foco em mudanças positivas. 

Tech for Good: uma visão positiva de futuro no pós pandemia

 

A tecnologia assumiu um papel de destaque nestes meses permeados por muita incerteza. Por isso, creio que a união dela com a empatia e a inovação são benéficas para todos. Cito a participação do Tony Blair, ex-primeiro-ministro do Reino Unido, no Web Summit de 2019. Em seu momento de fala, Blair afirmou categoricamente: “Precisamos utilizar a tecnologia para um mundo melhor”.

Concordo com o pensamento de Blair. Afinal, a tecnologia pode ser uma aliada para resolver problemas sociais, de saúde e educacionais, mas isso exigirá que muitas pessoas e empresas saiam da zona de conforto para trabalhar com foco na resolução de grandes problemas da sociedade e fazer disso uma oportunidade para um bem maior. Devemos olhar para a tecnologia e pensar como podemos gerar um novo caminho positivo e que trará benefícios para todos.

Incrementando essa linha de pensamento, quero falar sobre as tecnologias habilitadoras do processo de rastreabilidade (que são difundidas pela GS1), principalmente na cadeia de abastecimento e que estão ganhando ainda mais relevância. 

Entender a origem do alimento, saber como ele foi produzido e conhecer seu trajeto até a mesa eram informações disponibilizadas aos consumidores por algumas indústrias antes da pandemia e, agora, serão ainda mais observadas pela sociedade atenta à saúde e segurança do que estão levando para suas casas. 

Cada etapa precisa ser percorrida com todo cuidado, a fim de suprir a grande demanda do mercado por alimentos, provocada justamente pelo isolamento social. Essa é uma realidade que se configura a cada dia – para se ter uma ideia, dados do IBGE apontam que o setor varejista cresceu 3,4% em agosto, na comparação com julho – a quarta alta mensal seguida, após quedas influenciadas pela pandemia em março e abril. Com o resultado, o setor atingiu o maior patamar de vendas desde o ano de 2000.

Gostaria de compartilhar como exemplo uma ação de um de nossos associados que foi divulgada pela GS1 Brasil, demonstrando como atitudes positivas são fundamentais e como a tecnologia tornou-se uma grande aliada.

No final de março, os pequenos produtores agrícolas de Quatinga, distrito de Mogi das Cruzes (SP), viram que toda a sua produção de hortaliças seria perdida. Com os canteiros lotados e sem compradores devido às medidas de isolamento, a alternativa mais simples era jogar tudo fora, já que os custos estimados para a colheita, para as embalagens e para o transporte representavam 40% do lucro. Para evitar um cenário de desperdício, uma produtora rural teve uma ideia após conversar com seus vizinhos que estavam vivendo a mesma situação. 

Com ajuda da tecnologia, essa empreendedora levantou fundos por meios digitais para ajudar os produtores que, em vez de se desfazerem da produção, doaram vegetais e legumes para comunidades carentes, instituições e bancos de alimentos da região metropolitana de São Paulo. 

Essa iniciativa exemplifica como a tecnologia pode ser usada para fazer o bem. A ação ganhou notoriedade e outras empresas colaboraram com a ação, financeiramente ou com contatos. O resultado? Praticamente 100% da produção foi escoada, e os produtores conseguiram manter a estabilidade neste período tão difícil para todos.

Assim como defendem os especialistas e futuristas, acredito que a tecnologia deve ser uma aliada para resolver os desafios atuais e os que ainda estão por vir, sendo uma nova maneira de pensar o mundo para termos impactos positivos como sociedade. 

A GS1 Brasil está comprometida com as mudanças que teremos daqui em diante e reconhecemos a importância de prosseguir com o desenvolvimento de tecnologias que promovam conforto, segurança e acesso aos dados e informações que todo cidadão precisa ter

Gostou do artigo? Compartilhe com seus contatos.

Ficou com alguma dúvida?  Mande no Fórum InfoVarejo!

Publicidade