fbpx
Softwares

Software em nuvem é realmente seguro?

Escrito por Gabriel Junqueira | 17/06/2021
  • 422 visualizações
  • 44 compartilhamentos
Tempo de leitura: 3 minutos

É natural se perguntar se seus dados estão seguros quando armazenados na infraestrutura de nuvem. Afinal, seus arquivos estão sendo armazenados em servidores que estão “longe de casa”.

Software em nuvem é realmente seguro

No entanto, a verdade é simples: os dados que você salva com os provedores de serviços em nuvem podem ser mais seguros do que as informações armazenadas no ambiente local. 

Por que a segurança da nuvem é tão robusta?

O que torna o armazenamento em nuvem tão seguro? Existem vários fatores que ajudam a manter os dados seguros quando estão em uma plataforma de nuvem. 

Segurança Física 

Primeiro, os servidores estão geralmente localizados em depósitos aos quais a maioria dos funcionários não tem acesso. 

Em segundo lugar, temos a qualidade e a confiabilidade da capacidade de hospedagem do servidor de um data center, que é medida através de camadas (tier), por exemplo o Tier 3, que é utilizado por empresas maiores e apresentam:

  • 99,982% de tempo de atividade;
  • Não mais do que 1,6 horas de inatividade por ano;
  • N + 1 tolerante a falhas (conta com um componente para backup em cada um de seus segmentos), fornecendo pelo menos 72 horas de proteção contra queda de energia.

Segurança Virtual

Firewalls integrados

Os provedores de nuvem também contam com firewalls para ajudar a proteger seus arquivos. Essa tecnologia atua um pouco como uma parede, mantendo seus dados seguros.

Os firewalls, que podem ser baseados em hardware ou software, aplicam regras a todo o tráfego que entra em uma rede. Essas regras são projetadas para filtrar o tráfego suspeito e manter seus dados ocultos. Isso torna mais difícil para os hackers escaparem do malware ou vírus pelas medidas de segurança usadas pelo seu provedor de serviços em nuvem.

Redundância (dados com ultra-backup)

Mas e quanto a falhas de hardware ou falta de energia? Você será capaz de acessar seus dados se o seu provedor de nuvem sofrer um desastre natural ou uma interrupção em grande escala?

Sim, porque a maioria dos maiores provedores de nuvem pratica redundância. Isso significa que eles copiam seus dados várias vezes e os armazenam em vários data centers diferentes. Dessa forma, se um servidor cair, você pode acessar seus arquivos de um servidor de backup.

Teste de segurança de terceiros

Os hackers podem usar malware e e-mails para obter as informações armazenadas nos seus dispositivos. Um dos golpes mais comuns atualmente é o acesso ao servidor local da empresa e criptografia de todos os dados (também chamado de sequestro de dados). Com todos seus dados criptografados, o hacker exige um resgate para a liberação da senha da criptografia – normalmente é um valor alto, alguns milhares de dólares. Sem a senha é impossível acessar os dados, o que, na prática, significa perder todas as informações contidas naquele servidor.

Isso não acontece na nuvem por algumas razões, tanto pela segurança e dificuldade de acesso, mas também, caso ocorresse, os dados estão replicados em vários locais diferentes. Então, bastaria recuperar os dados de outro local.

As medidas de segurança tomadas por empresas maiores que fornecem serviços em nuvem são mais robustas e poderosas do que as que você protege em um ambiente físico.

Um provedor em nuvem conta com empresas de segurança externas para testar seus servidores e software regularmente para garantir que estejam protegidos contra essas possibilidades, hackers, cibercriminosos e os mais recentes malware e vírus. Esse teste externo aumenta as chances de seu provedor de nuvem ter as defesas necessárias para manter seus arquivos longe de hackers.

Além disso, os arquivos armazenados em servidores em nuvem são criptografados e possuem autenticação de dois fatores. Isso significa que eles estão embaralhados, o que torna muito mais difícil o acesso dos cibercriminosos.

Quer saber quais as vantagens de um software em nuvem? Veja aqui!

Pensamentos finais 

Nenhum sistema é 100% seguro, mas a infraestrutura em nuvem quase atinge esse objetivo.

Os dados estão seguros na nuvem, mas algumas precauções devem ser tomadas para garantir que tudo funcione perfeitamente. Isso se refere principalmente às políticas da empresa sobre senhas e criptografia.

O armazenamento em nuvem é, por natureza, protegido contra vários ataques cibernéticos e até mesmo desastres naturais, mas a melhor proteção em nuvem do mundo não o ajudará se você usar senhas fáceis de adivinhar ou se alguém de sua organização revelar senhas e outros dados confidenciais a agentes mal-intencionados.

Por isso, é importante ter políticas de segurança claramente definidas para evitar tais cenários.

Gostou desse artigo? Compartilhe com o pessoal da sua loja e leve esse conhecimento para todos.

Se tem dúvidas ou sugestões, nos envie pelo Fórum Infovarejo!

Patrocinado: