fbpx
Software ERP

PDV (Ponto de venda): a parte mais importante da loja

Escrito por Gabriel Junqueira | 20/08/2020
  • 13735 visualizações
  • 554 compartilhamentos
Tempo de leitura: 5 minutos

O PDV (Ponto de Venda) é o ponto mais importante da loja. Afinal, o grande objetivo do varejo é vender. Sendo assim, os processos essenciais deste local nunca podem parar. 

PDV-a-parte-mais-importante-da-loja

No artigo, nos referiremos a PDV como o checkout da loja. Emissão de cupons fiscais, recebimento de pagamentos e o software do seu ponto de venda, são processos que, caso parem, o prejuízo é certeiro.

Importância de um Software de PDV

Quando olhamos para o ponto de venda, este é o sistema que controla as transações entre o varejista e o cliente. Isso inclui o hardware e o software usado. 

Hoje, muito se fala em “frictionless”, ou seja, o cliente ter uma experiência fluida, sem atrito. O consumidor pode demorar o tempo que for dentro da loja, mas na hora de pagar, é essencial que esse processo seja rápido. O que o cliente quer é pagar rápido e ir embora. 

Assim, é essencial que o software de PDV (Ponto de Venda) coopere com esse objetivo. 

O primeiro passo é escolher um software que atenda às necessidades da sua loja.

Escrevemos um artigo especialmente tratando os principais atributos necessários para um bom software de PDV, você pode acessar neste link. De forma resumida são eles:

1 – Legislação: o FISCO é rigoroso na legislação do ponto de venda, por isso, utilizar um software que não esteja adequado ao seu estado pode ocasionar em autuações e multas para o estabelecimento.

2 – Segurança e estabilidade: segurança no software do ponto de venda significa disponibilidade e precisão.

3 – Velocidade: é importante por definir a experiência do cliente dentro da loja, principalmente na hora de pagar, e pela redução de custos.

4 – Simplicidade: normalmente, o operador de caixa tem baixa especialização, o que faz com que o ideal seja um software intuitivo e fácil de usar.

5 – Funcionamento offline: um software de ponto de venda deve funcionar ininterruptamente, livre de erros, com ou sem internet. 

6 – Homologação com equipamentos: um sistema homologado com os demais equipamentos  coopera para a maior lucratividade e segurança do seu supermercado.

7 – Integrações: um software de PDV integrado com outras soluções é de grande importância, principalmente quando falamos em fidelização de clientes.

A ideia é que, em vez de ter sistemas separados para caixas registradoras, o lado online da empresa e todas as outras conexões com o sistema se reúnam para serem controladas por um sistema, que é conhecido como o software de gestão, o ERP.

O que também inclui o controle de níveis de estoque, recebimentos e contabilidade. Ter tudo em um sistema central significa que tudo se torna mais fácil de manusear e, o mais importante, erros são reduzidos ao mínimo.

Por que a integração entre o PDV e os outros processos da loja é importante?

A integração do sistema do ponto de venda está se tornando cada vez mais importante na empresa. 

Os sistemas de PDV permitem que supermercadistas, restaurantes e outras organizações similares gerenciem efetivamente tarefas operacionais, como vendas e compras na loja – desde a digitalização de dados do produto e impressão de recibos até passando um cartão de crédito / débito e inserindo credenciais em um pinpad. 

Para serem eficazes, os sistemas de PDV devem ser integrados a outros aplicativos utilizados no supermercado. 

A falha na integração do sistema de PDV à tecnologia existente, como um ERP, pode levar a processos ineficientes e demorados, além de criar resultados imprecisos devido a entradas manuais propensas a erros. 

Por exemplo, um supermercado que possua um sistema de PDV e um sistema ERP separado para gerenciar contabilidade, compras e outros processos. 

Se o sistema do PDV mantiver dados das vendas recentes no supermercado, para transferir esses dados para o ERP, o funcionário precisará inserir essas informações novamente no sistema de ERP para garantir uma contabilidade adequada do fluxo de caixa do supermercado. 

A integração não apenas melhora a experiência do cliente, mas também aumenta a eficiência das operações. 

Ao integrar totalmente o sistema PDV ao sistema ERP, este supermercado pode garantir relatórios precisos e sem erros de seus dados. 

Além disso, eles também podem economizar tempo, eliminando a necessidade de inserir dados manualmente, pois a integração exibirá os dados automaticamente em tempo real nos dois sistemas. 

O exemplo acima mostra os benefícios que um supermercado pode testemunhar, simplesmente integrando um sistema PDV ao seu ERP. 

Como você pode imaginar, se o supermercado integrar o sistema PDV com outros aplicativos, eles também poderão obter outros benefícios comerciais. 

Principais exemplos de integração entre o ERP e o PDV:

  • Promoções;
  • Venda a prazo;
  • Preço diferenciado para clientes cadastrados;
  • Devolução de mercadoria de clientes e utilização de vale no PDV;
  • Correspondente bancário;
  • Recarga de celular;
  • Controle de vasilhame.


calculadora custo de troco

O PDV precisa atender à legislação fiscal?

O software de ponto de venda deve atender à legislação do seu estado. O FISCO é bem rigoroso quanto a legislação do ponto de venda. 

Assim, utilizar um software que não esteja adequado ao seu estado pode ocasionar multas e autuações para a empresa.

Um exemplo das exigências é a NFC-e, adotada em alguns estados brasileiros e que agora está em processo de implementação em Minas Gerais. 

A NFC-e impõe diversas mudanças nas notas emitidas ao consumidor e, assim, alterações no cadastro dos produtos no seu sistema. 

Nestes artigos você encontrará mais informações sobre a NFC-e:

NF-e e NFC-e: qual a diferença entre esses documentos?

O que é NFC-e e como funciona essa nota?

NFC-e Minas Gerais – Conheça a nova regulamentação

7 cuidados ao adotar a NFC-e

Investimento no PDV, mais agilidade e eficiência 

Quando se olha para o fluxo do varejo, a automatização do PDV é fundamental para a transação de mercadorias. 

Por ser um processo extremamente importante são necessários investimentos. Dessa forma, um bom software e o treinamento dos funcionários responsáveis pelo setor são processos essenciais.

A escolha de equipamentos do PDV é também um ponto importante. Uma boa impressora fiscal, um bom computador e uma internet que não trave são fundamentais para um bom funcionamento do PDV. 

Essas tecnologias garantirão o funcionamento do seu frente de caixa e a satisfação dos seus clientes. 

Sempre procure os melhores equipamentos para que você possa conseguir o melhor resultado do seu software de PDV e de gestão. O investimento será recuperado por meio da eficiência e será reconhecida no aumento das vendas.

Além da impressora fiscal, existem outros equipamentos importantes para o PDV. Baixe gratuitamente este material sobre equipamentos no PDV. 

O PDV é o centro dos processos de um supermercado

O PDV é o ponto de contato mais sensível da loja, é a última impressão, e a que o consumidor levará para a casa, e uma ótima oportunidade de comunicação.

Pense bem! Necessariamente, haverá o contato pessoal (com exceção de um selfcheckout). Ou seja, se o cliente não conversou com ninguém da loja, no PDV ele vai conversar. 

Por isso, entender o PDV como estratégico é fundamental para sua loja, é o momento importante, de você passar a mensagem que quiser. 

Além disso, no ponto de venda haverá a comunicação que você quer fazer com o cliente, seja sobre alguma novidade da loja, como o clube de descontos da empresa, o lançamento do site da empresa, ou um novo serviço que está disponível.

A simplicidade do PDV é um fator que também otimiza processos da sua empresa. Um software que exige muitos “cliques” por parte do operador de caixa, demanda um maior tempo no atendimento ao cliente e acaba, assim, gerando o descontentamento dos clientes. Dado que a fila aumenta, assim como o tempo gasto no processo de pagamento das compras. 

Transformar digitalmente é entender novas formas de relacionamento e ativar novos canais de comunicação. Por isso, atenção ao PDV.

Gostou do artigo? Deixe um comentário com sua opinião.

Tem dúvidas ou sugestões? Fale conosco pelo Fórum InfoVarejo!

Patrocinado: