InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:
Gestão

4 motivos para fazer um inventário de estoque

Escrito por Eduarda Ribeiro | 03/08/2017
  • 713 visualizações
  • 35 compartilhamentos

Você sabe a importância de realizar um inventário de estoque na sua loja? No dia a dia do varejo, manter um controle de estoque correto é fundamental para a realização de quase todas atividades, afinal de contas o grande objetivo do varejista é vender esses produtos.

Entretanto, devido à movimentação diária da loja, a distância entre o estoque físico e o virtual aumenta a cada dia, comprometendo o controle de estoque. Normalmente, as perdas são as principais causas desse afastamento entre a quantidade que o varejista tem em estoque e o que o sistema mostra que tem.

Sendo assim, não há outra solução, o varejista precisa realizar periodicamente um inventário de estoque para equalizar o estoque físico com o virtual, e diagnosticar a razão das divergências, promovendo ações para evitar futuras perdas.

Vamos apresentar aqui, 4 motivos principais para você realizar um inventário de estoque na sua loja. Conheça os motivos:

1. Identificar as rupturas

Se o grande objetivo do seu varejo é a venda dos produtos, imagine o momento que o cliente chega para comprar um produto e encontra a prateleira vazia. A ruptura, além de gerar uma insatisfação do cliente na sua loja, tem boas chances de fazer com que essa compra seja realizada no concorrente.

O inventário de estoque é o principal aliado da sua loja para evitar que as rupturas aconteçam.

Com o inventário, é possível identificar os dois tipos de rupturas: aquele que o produto tem estoque no depósito (e no estoque virtual), mas está ausente na gôndola – nesse caso o problema foi de reposição.

E o segundo tipo, quando estoque virtual (no software de gestão) indica que há disponibilidade do produto, mas este está em falta tanto na loja, quanto no depósito. Ambos significam perda de venda, mas a raiz do problema é diferente.

Existir divergência entre a quantidade de produtos no estoque físico e a quantidade apresentada pelo sistema de gestão (estoque virtual) gera uma série de problemas para sua loja.

Produto que não está na gôndola, não será vendido. Por isso, é essencial realizar o inventário de estoque.

Quer saber o que são as rupturas e como evitar que aconteçam em sua loja? Veja esse artigo. 

2. Melhorar a reposição de estoque da sua loja

A reposição de estoque é uma atividade indispensável para o processo de venda, pois ela é a principal forma de evitar prateleiras vazias, causando rupturas, ou excesso de estoque, causando problemas de estoque.

Por meio do inventário de estoque você trabalhará com informações acuradas. Dessa maneira, o processo de compra será realizado com maior eficácia, possibilitando, por exemplo, implementar várias automatizações de reabastecimento automático – uma vez que o estoque virtual esteja confiável.

Além da melhoria no processo de compra, o processo de reposição de produtos dentro da loja também vai melhorar, uma vez que serão apontados os produtos que contém quantidade em estoque, mas que não estão na gôndola. Uma vez apontados, os repositores responsáveis por esses produtos poderão ser orientados e treinados.

4 motivos para fazer um inventário de estoque

3. Atualizar o cadastro de produtos

Durante o inventário de estoque, todos os produtos da loja serão contados, dessa forma serão identificadas possíveis falhas no cadastro de produtos, como por exemplo, produtos sem cadastro no software.

Ao longo do tempo, alguns campos do cadastro de produtos sofrem alterações e pode acontecer de produtos ficarem com os cadastros desatualizados. Outro ponto importante são os cadastros repetidos, ou seja, produtos que possuem mais de um cadastro no sistema.

Quer saber como melhorar o cadastro de produtos da sua loja? Leia esse artigo. 

Produtos não cadastrados e cadastrados com código de barra errado também são problemas que causam dores de cabeça para o varejista, durante o inventário de estoque esses erros são identificados.

Dessa forma, o inventário de estoque ajuda com os problemas no cadastro de produtos da sua loja e, como o cadastro é a base para quase todas as atividades do varejo, é importante que ele esteja correto e sempre atualizado.

4. Conhecer as suas perdas

As perdas de estoque, podem ser entendidas como a diferença entre o estoque apresentado no sistema e o que realmente está no estoque físico da loja.

Sendo assim, só existe uma maneira de descobrir a divergência entre o estoque real e o virtual: contando o estoque, realizando um inventário da loja. A partir do inventário, você vai conseguir identificar quais são os tipos de perda que ocorrem na sua loja, e saber quais ações tomar para evitar o problema no futuro. Tipos de perdas diferentes, exigem ações diferentes!

Veja nesse artigo mais informações sobre os tipos de perda.

O inventário de estoque é o processo base para ter acesso às informações de perdas da sua loja. Com informações corretas e precisas, os gestores da loja vão conseguir implementar ações de melhoria e acompanhar seus resultados de forma mais eficaz.

O inventário de estoque é um aliado na hora de conseguir melhores resultados.

O varejista, como todo empresário, precisa crescer e melhorar seus resultados. As alternativas são limitadas, observe as principais:

Comprar melhor: hoje em dia quase todos varejistas têm acesso aos mesmos fornecedores, o que torna difícil conseguir uma vantagem sobre o concorrente por meio da compra de mercadorias.

Vender mais caro: essa opção é arriscada, pois ao escolher aumentar as margens por meio do aumento do preço – sem a contrapartida de melhoria de serviços (que aumentam custos) – sua loja vai perder clientes para o concorrente que vende mais barato.

Aumentar o número de lojas: seguindo esse caminho o varejista aumentará suas vendas, porém não é garantia de aumento de resultado, além de ser necessário novos investimentos.

Diminuir as perdas: essa é a melhor solução para conseguir melhores resultados. Pesquisas mostram que o percentual de perdas podem ultrapassar a margem de lucro da loja! Com práticas de redução de perdas, você conseguirá reduzir os desperdícios e melhorar diretamente seus resultados. E o mais importante, a perda está dentro da loja, ao alcance das suas mãos!

O inventário de estoque é a principal ferramenta para auxiliar o varejista no momento de reduzir as perdas de produtos da sua loja. Com o inventário, você vai melhorar o controle de estoque e isso influenciará suas operações, aumentando a produtividade da sua loja.

O resultado é bem simples: menos perdas e maiores vendas para seu negócio.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos.

Ficou com alguma dúvida? Mande para contato@infovarejo.com.br

Publicidade

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no InfoVarejo?

Assine nossa Newsletter, é grátis e rápido. Assim você nunca perde nada do que se passa por aqui!


Apoiadores
avanco
si
conciliador
troco_simples