Impressora de gôndola: como escolher a ideal para sua loja?

No varejo, em todos os momentos que falamos em equipamentos, o que deve ser analisado em primeiro lugar é a demanda da loja para o uso desta máquina na automação na operação do negócio. Para escolher a impressora de gôndola não é diferente, o varejista precisa saber a quantidade de etiquetas que são impressas.

Entretanto, além da demanda da loja, há algumas características que devem ser observadas na hora de escolher uma impressora de gôndola.

Impressora de gôndola: como escolher a ideal para sua loja?

Como escolher impressora de gôndola:

Capacidade de impressão: 

Por se tratar de um equipamento responsável pela impressão de etiquetas de gôndola, o varejista precisa verificar se a impressora de gôndola possui uma capacidade de impressão que atenda à demanda da sua loja.

Se a sua loja possui uma demanda muito alta de impressões é preciso considerar a compra de um equipamento mais robusto, que aguente a impressão de uma grande quantidade de etiquetas sem afetar o funcionamento.

Meio de comunicação:

A impressora de gôndola precisa estar conectada a um computador, e a forma como é feita essa comunicação deve ser analisada na hora de escolher o equipamento. Atualmente a principal maneira de conectar aparelhos é por meio da entrada/saída USB, portanto é preciso que o varejista conheça os equipamentos que possui em sua loja para que não aconteça incompatibilidade.

Impressora de gôndola: como escolher a ideal para sua loja?

Velocidade de impressão:

A velocidade que é executada a impressão também é outro ponto importante, às vezes no dia a dia de uma loja é preciso a troca de uma série de etiquetas, se a impressora efetuar esse processo devagar todo resto da atividade será afetado.

Na hora de avaliar a velocidade de impressão leve em conta a demanda da sua loja e a capacidade de impressão do equipamento.

Homologação com o software:

Como falamos no tópico sobre comunicação, a impressora de gôndola fica conectada a um computador. Tão importante quanto essa conexão é a homologação com o software de gestão da loja, que é executado neste equipamento.

A impressora precisa ser integrada ao sistema de gestão, para que ao alterar o preço no sistema, já seja possível emitir a etiqueta correspondente. Alguns varejistas escolhem impressoras mais baratas, entretanto na hora de realizar a homologação com o software gastam mais, por isso é indicado buscar uma recomendação da software house responsável pelo sistema de gestão da sua empresa.

Solicite uma lista das impressoras homologadas, e tome a melhor decisão!

Manutenção da impressora de gôndola

Equipamentos eletrônicos estão constantemente com a necessidade de manutenção, seja para atualizações ou reparos. A impressora de gôndola não é diferente. Por isso é importante escolher um modelo que possua uma garantia de fábrica, peças para reposição e empresas que realizam essa manutenção.

Nesse quesito, contar com uma empresa especializada que fornece esse material é fundamental. Além de contar com profissionais qualificados para a execução de reparos, essa empresa pode fornecer informações importantes para o uso e conservação.

Conclusão

É sempre importante destacar que para realizar uma compra acertada de um equipamento para o varejo é necessário contar com o auxílio de uma empresa especializada nesses maquinários. Contando com essa ajuda, o varejista conseguirá escolher a melhor solução para solucionar um problema na operação e aumentar a produtividade de todos processos em seu negócio.

Fizemos um ebook com informações importantes sobre os principais equipamentos do PDV. Baixe gratuitamente nesse link.

Gostou desse artigo? Deixe seu comentário abaixo.

Ficou com alguma dúvida sobre impressora de gôndola? Escreva para contato@infovarejo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Apoiadores do InfoVarejo