fbpx

Gestão Financeira

Taxa dos cartões: tudo o que você precisa saber

Taxa dos cartões: tudo o que você precisa saber

Gestão, Gestão Financeira, Varejo
A taxa dos cartões de crédito assusta parte dos empresários varejistas. Você, por exemplo, já parou para avaliar o custo total de manter essa forma de pagamento em seu estabelecimento?Qual o impacto real da taxa dos cartões de crédito? A taxa dos cartões de crédito pode até parecer inofensiva, mas se calcularmos os custos e a incidência em produtos de baixa lucratividade, ela pode representar perdas consideráveis.Além da taxa e do custo do aluguel da máquina, você tem despesas adicionais de juros se precisar antecipar pagamentos. Se caso não o fizer, há uma diminuição do saldo disponível no seu caixa. O que as operadoras não informam, é que a taxa deve ser observada em relação a cada produto. Um item de alta lucratividade absorve melhor os custos, mas quando não é este o caso, o
Cartão de Crédito: você sabe por onde anda as informações do cartão?

Cartão de Crédito: você sabe por onde anda as informações do cartão?

Gestão, Gestão Financeira, Softwares, Tecnologia, Varejo
Você já parou para pensar na velocidade que é realizada uma venda em cartão de crédito? Você sabe a quantidade de empresas envolvidas nessa operação? Quais tecnologias envolvidas? Até onde vai a responsabilidade das “bandeiras”? E dos bancos? Qual a função das adquirentes e subadquirentes? Como tudo isso “conversa” e responde o ponto de venda em poucos segundos?Esses são alguns questionamentos recorrentes de grande parte de gestores do varejo. Normalmente, os varejistas têm dificuldade de entender como funciona uma venda em cartão de crédito. Saber como funciona o fluxo de uma venda em cartão ou então como é direcionada e dividida a taxa do cartão cobrada do estabelecimento é sempre um desafio para o gestor de um negócio. Neste artigo explicaremos como funciona a venda com cartão de
Superando a crise adotando uma gestão de qualidade

Superando a crise adotando uma gestão de qualidade

Gestão, Gestão Financeira, Varejo
Em um cenário de crise econômica, a gestão de qualidade se transforma na forma do varejista conseguir superar o momento complicado que o mercado está passando.O cenário de crise econômica  Temos presenciado em diversos meios de comunicação, que o cenário econômico brasileiro, continua sendo de “crise” a qual vem se alastrando há algum tempo, sem uma previsão concreta e imediata de retomada do crescimento a curto prazo. Esta situação, é comprovada por alguns indicadores divulgados, como:Inflação em alta. Dificuldades de caixa do governo federal. Ausência de investimento em infraestrutura. Baixo crescimento industrial. Queda nas vendas do comércio. Altas taxas de juros. Aumento dos combustíveis, energia e impostos.Os impactos da crise para o pequen
Vantagens de um sistema de gestão para seu negócio

Vantagens de um sistema de gestão para seu negócio

Gestão, Gestão Financeira, InfoVarejo
Nos dias de hoje ainda é possível encontrar varejistas que utilizam planilhas e tabelas para realizar o registro de dados e para gerir o seu negócio. Mesmo possuindo processos automatizados, é importante a adoção de um software de gestão para integrar os processos e controlá-los de forma ativa. As vantagens de um sistema de gestão farão com que seu negócio consiga melhores resultados. O software de gestão é solução perfeita para a gestão da sua empresa. E o melhor é eficiente e econômico.Ficou interessado? Vamos apresentar as vantagens de um sistema de gestão, que tornam essencial a implantação dessa ferramenta em sua loja.Veja as vantagens de um sistema de gestão 1. CONTROLE DE ESTOQUE EFICIENTE O estoque é o coração do varejo, controlar o estoque de forma eficiente é a
Pagamento escritural no varejo, como funciona? 

Pagamento escritural no varejo, como funciona? 

Gestão, Gestão Financeira, Varejo
Receber as notas fiscais de compra, destacar os seus respectivos boletos bancários, conferir os dados do beneficiário e do pagador/avalista, arquivar por ordem de vencimento e efetuar os pagamentos em alguma agência bancária, por meio de malotes ou direto na boca do caixa.Esses eram, ou ainda são, os procedimentos realizados pela grande maioria das empresas, para cumprir com suas obrigações perante aos seus fornecedores. Um processo que exige um alto grau de comprometimento das pessoas do departamento financeiro, pois um erro, por menor que seja, irá comprometer os indicadores de lucratividade do seu negócio. Sem falar do trabalho cansativo de se arquivar os comprovantes de pagamento dos boletos bancários por cinco anos, para uma possível contestação de pagamento. Para o controle das
Conta de luz: como reduzir essa despesa em sua loja?

Conta de luz: como reduzir essa despesa em sua loja?

Gestão, Gestão Financeira, Varejo
A conta de luz sabidamente é um dos custos mais significativos para o setor do varejo, principalmente para os supermercados. Em 2015 a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) divulgou que as despesas energéticas foram o segundo maior custo das empresas, ficando atrás apenas das folhas de pagamento.Por que a conta de luz pesa tanto no bolso do varejista? A razão disso é a própria natureza do negócio, que normalmente envolve muitos equipamentos de refrigeração e também muita iluminação.O que fazer? São múltiplas as maneiras do varejista reduzir essa incômoda despesa, a definição do melhor conjunto de soluções varia conforme o tipo e, principalmente, o porte do negócio. Uma das opções mais interessantes economicamente e que tem ganhado muita popularidade é o uso da tecnol
Falando de varejo: reflexões sobre o atual cenário do setor

Falando de varejo: reflexões sobre o atual cenário do setor

Gestão, Gestão Financeira, Varejo
Aconteceu no dia 1o de julho de 2017 o 1o Encontro de Negócios promovido pelo Grupo de Negócios, uma rede de empresários belo horizontinos que atuam no segmento varejista. Caio Camargo, autor e editor do blog Falando de Varejo (acesse o blog por esse link) e autor do livro: Arroz, Feijão & Varejo foi um dos palestrantes do dia.Confira a seguir alguns pontos da palestra que valem a pena a reflexão: O varejo é um segmento que está passando por várias mudanças nas últimas décadas. Basicamente, tínhamos no formato antigo a indústria que produzia, o varejo que era o ponto de venda, por isso o termo PDV, e o consumidor que comprava. Portanto: Indústria (produz)/ Varejo (PDV) / Cliente (compra). No entanto, com a revolução digital que, com a internet e outras ferramentas, transform
Sua operadora de cartões erra ao aplicar taxas? Saiba o que fazer

Sua operadora de cartões erra ao aplicar taxas? Saiba o que fazer

Gestão, Gestão Financeira, Softwares, Tecnologia, Varejo
Manter um controle sobre as taxas cobradas pelas operadoras de cartões pode se tornar um grande problema para o varejista. O processo de transações de vendas em cartão é complicado, pois pode envolver trâmites que envolvem a loja, as operadoras e os bancos. Como deixar de receber cartões não é uma opção, é fundamental controlar controlar suas vendas com precisão evitando taxas indevidas.Conciliação das vendas em cartão é fundamental para controlar as taxas A possibilidade de erro existe devido ao grande número de bandeiras, possibilidade de parcelamentos, fraudes, e principalmente o grande número de taxas cobradas pelas operadoras de cartões. Portanto, conciliar as vendas em cartão é fundamental, pois são muitos os riscos de prejuízos e descontroles, um software que realize a
Varejo alimentar teve queda de 1,3% em mesmas lojas no ano passado

Varejo alimentar teve queda de 1,3% em mesmas lojas no ano passado

Gestão, Gestão Financeira, Varejo
Quem olha apenas o crescimento do varejo alimentar pelo critério que considera todas as lojas (inauguradas no ano e as que já existiam) pode ter a falsa impressão de que o ano não foi difícil. Afinal, o faturamento apresentou alta de 3,1%, já descontada a inflação média de 2016, que foi de 8,77% calculada pelo IPCA. Com isso, a receita anual atingiu R$ 428,1 bilhões. É o que aponta o 46º Ranking de SM , levantamento realizado com mais de 300 empresas de todo o País.O aumento nas vendas foi puxado pelo atacarejo, que cresceu 14,1% em 2016 devido à forte expansão. Em contrapartida, as vendas em mesmas lojas tiveram queda real de 1,3%, o que indica que o setor enfrentou dificuldades – embora bem menos do que outros segmentos da economia. Boa parte delas está associada à conjuntura negati