fbpx
Softwares

Como as fintechs estão transformando o varejo físico no Brasil

Escrito por Anderson Locatelli | 29/06/2021
  • 332 visualizações
  • 20 compartilhamentos
Tempo de leitura: 4 minutos

Hoje em dia, a indústria Fintech cresce e se transforma junto com os setores de comércio eletrônico e varejo. A COVID-19 criou um cenário totalmente novo de compra e venda de produtos e serviços. 

Como as fintechs estão transformando o varejo físico no Brasil

Muitos preferem comprar produtos online, de nossas casas. E o que vem com cada compra? Exatamente, o pagamento. É por isso que a indústria Fintech agora é imensamente importante e permite que os setores de comércio eletrônico e varejo passem por essa mudança sem problemas. 

Mas, o que são as fintechs?

Fintech, uma combinação das palavras “financeiro” e “tecnologia”, é um termo relativamente novo e frequentemente nebuloso que se aplica a qualquer tecnologia emergente que ajude os consumidores ou instituições financeiras a fornecer serviços financeiros de maneiras mais novas e mais rápidas do que as tradicionalmente disponíveis. 

Pense na diferença entre entrar em um banco para solicitar seu saldo e a capacidade de obter essas informações em tempo real em seu telefone, e você terá uma boa ideia do impacto da Fintech.

Desde a capacidade do consumidor de ficar online e ver suas transações financeiras até aplicativos que permitem que você pague amigos e ferramentas que possibilitam que as instituições financeiras tomem decisões rápidas sobre empréstimos, tudo faz parte da evolução dos serviços financeiros. 

A indústria é enorme. De acordo com a CB Insights, existem “41 empresas fintech apoiadas por Venture Capital que somam $154,1 bilhões”. Um fator impulsionador é que muitos bancos tradicionais são apoiadores e adotantes da tecnologia, investindo ativamente, adquirindo ou fazendo parceria com startups de fintech, buscando inovar dentro dessas empresas tradicionais e oferecer aos seus clientes o que eles desejam, ao mesmo tempo em que impulsionam o setor e se mantêm relevantes. 

Como as fintechs ajudam o varejo

Conforme a tecnologia muda, os varejistas precisarão fornecer soluções que garantam e aumentem a confiança e a segurança nos processos de compra. Dentre essas soluções estão:

Pagamentos Móveis

Pergunte a qualquer pessoa com menos de 30 anos como ela prefere pagar e ela provavelmente dirá que os aplicativos para celular são a melhor opção. À medida que passamos de uma sociedade baseada em dinheiro para uma cada vez mais digital, os pagamentos móveis surgiram para substituir os métodos de pagamento tradicionais. Na verdade, estima-se que somente em 2018 as transações de pontos de venda móveis chegarão a US $5,4 bilhões em todo o mundo.

Bancos Digitais

O mobile banking é uma grande parte da indústria de fintech. No mundo das finanças pessoais, os consumidores exigem cada vez mais o acesso digital fácil às suas contas bancárias, especialmente em um dispositivo móvel. A maioria dos grandes bancos agora oferece algum tipo de recurso de banco móvel.

No varejo, os bancos digitais ajudam tanto na segurança quanto na praticidade. Antes, você ou precisava ir à agência física para pagar os boletos e até mesmo para depositar montantes de dinheiro. Com os bancos digitais e os pagamentos móveis, isso não precisa mais acontecer. Dado que você consegue efetuar todas as transações via aplicativo e os pagamentos móveis diminuem, aumentam as transações online, que já caem direto na sua conta.

Alguns bancos oferecem benefícios não só no pagamento da fatura, mas também em programas de pontos e desconto em programas culturais. 

Crédito e negociação de dívidas

Além das fintechs que oferecem opções de pagamento móvel, muitas oferecem também a possibilidade de crédito e negociação de dívidas para o varejo. Essa opção atinge diretamente o varejista, que muitas vezes precisa pagar um fornecedor, mas, principalmente com cidades em lockdown, não possuem dinheiro em caixa para tal.  

Integrações Financeiras

O varejo possui diversas dores financeiras e, visando resolver essas dores, a Sled, plataforma que simplifica as transações financeiras no varejo físico, criou diversas soluções para o dia a dia do varejista. 

Sled Saque 

Sled Saque é a solução que transforma a caixa da sua loja em um ponto de saque, facilitando a vida de consumidores que têm mais opções para sacar dinheiro no seu trajeto diário e de lojistas, que não precisam realizar sangrias de caixa várias vezes ao dia.

Sled Troco 

Sled Troco é a solução integrada aos sistemas de PDV, TEF e ao ERP que devolve o troco no CPF do consumidor, eliminando a necessidade de cédulas ou moedas para troco.

Sled Doa 

Com a Sled Doa, o consumidor doa o troco digital diretamente no PDV, eliminando custos tributários em um processo transparente e acessível, pois cada doação tem como origem o CPF do consumidor.

Melhorando a experiência de compra

O principal objetivo das fintechs no varejo é melhorar a experiência de compra para o consumidor, e para o varejista é o que determina o sucesso no mercado. O consumidor que tem uma boa experiência ao comprar, tanto no ambiente físico como online, volta. Por experiência, entendemos soluções inovadoras e conveniência. 

Com a Sled Saque, por exemplo, o consumidor vai saber que a sua loja é mais que um ponto de vendas, mas uma solução para outros problemas, como o saque de dinheiro. 

Experiência é tudo no varejo! Independentemente do canal, o processo de compra precisa ser simples e bem pensado. Os clientes não querem fazer fila para pagar, não querem passar por processos trabalhosos para devolver mercadorias que compraram online e querem pagar usando uma ampla variedade de métodos ou dispositivos. 

A Fintech é a força motriz que possibilita essas experiências e será fundamental para a reação do varejo em 2021.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos varejistas.

Caso ainda tenha dúvidas ou sugestões, mande para nós no Fórum InfoVarejo!

Patrocinado: