fbpx
Equipamentos

Qual a diferença entre Capex e Opex e qual a melhor solução para a sua empresa?

Escrito por Deives Rabelo | 08/09/2021
  • 2026 visualizações
  • 108 compartilhamentos
Tempo de leitura: 2 minutos

Essas duas siglas em inglês significam Capital Expenditure, ou seja, despesas de capital ou investimento em bens de capital, e Operational Expenditure, que são despesas operacionais. 

Qual a diferença entre Capex e Opex e qual a melhor solução para a sua empresa

O Capex representa aquilo que a empresa adquire fisicamente, como computadores e servidores. Já o Opex são custos operacionais, como despesa com prestadores de serviços, taxas de administração, entre outros, para manter seus dados em cloud.

Agora, vamos pensar no modelo mais assertivo para a sua empresa: se o seu objetivo é comprar os equipamentos e montar um servidor físico, o caminho a seguir será o Capex. Mas, se você prefere investir em um servidor em cloud, ou seja, pagar pela prestação desse serviço, a recomendação será o Opex. Ainda assim, para escolher a opção mais assertiva, precisamos identificar qual opção contribuirá positivamente para a economia e desenvolvimento da empresa.

Seja Capex ou Opex, é importante avaliar a escolha que trará vantagens e agregará valor ao seu negócio. Para começar, pensando no modelo Capex, o investimento inicial precisa estar garantido, já que o retorno dessas aquisições dependerá do resultado alcançado nos meses seguintes. E esse valor pode oscilar conforme o mercado. Já com o Opex, a empresa gasta apenas o que consome, além do valor da prestação do serviço.

O que pode fazer a diferença na decisão é escolher a solução que melhor atenda a realidade da empresa, no que tange ao negócio em escala, flexibilidade e economia. Fazer um bom plano de negócios pode ajudar nessa decisão e, consequentemente, no futuro da empresa, mantendo uma boa gestão das tecnologias e descartando as possibilidades de investimentos necessários para mudanças.

Não podemos deixar de pensar na atualização desses sistemas. Para um bom funcionamento, eles precisam estar sempre em dia, renovados e de acordo com o avanço tecnológico – o que impacta diretamente no funcionamento da empresa. Essa atualização constante também deve ser colocada no papel, na hora de calcular o investimento. Além disso, contar com uma equipe especializada nessa gestão é um diferencial.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus contatos e ajude a levar informações para todos no varejo.

Caso ainda tenha dúvidas ou sugestões, mande para nós no Fórum InfoVarejo!

Patrocinado: