3 dicas para evitar furtos no varejo

Neste artigo vamos abordar um assunto que tira o sono de qualquer empresário ou gestor: os furtos no varejo. Entendemos que os varejistas, principalmente os que estão no ramo de alimentos, estão suscetíveis a estes atos e portanto correm mais riscos, porém mesmo com a já esperada taxa de quebra, é preciso criar ações para evitar e reduzir a ocorrência de delitos em sua loja.

Vamos apresentar 3 dicas para que você consiga prevenir sua loja de furtos, tanto internos quanto externos. Antes de irmos às dicas é preciso deixar claro tudo sobre os tipos de problemas que podem aparecer:

3 dicas para evitar furtos no varejo

Entendendo os furtos no varejo

Engana-se o varejista que pensa que os furtos no varejo só ocorrem na área de venda, envolvendo furtantes que entram na loja como se fossem clientes. Esses casos são conhecidos como furtos externos, mas não são únicos.

Empresas que contam com um depósito para armazenar as mercadorias antes de encaminhá-las para a área de venda, sofrem também com o risco de furtos internos. Esses atos são cometidos por pessoas que têm acesso aos ambientes internos da empresa, normalmente colaboradores.

Essas pessoas aproveitam o descuido de gestores e a falta de segurança da empresa para extraviarem produtos, resultando em perdas e prejuízos aos cofres do negócio. Em algumas situações os atos são mais complexos, envolvendo a troca de etiquetas para apresentar um valor menor ou furto de mercadorias que são manipuladas para uso.

Saber os tipos de atos furtivos que podem acontecer em sua loja é importante para que você tome as precauções necessárias. Agora que já explicamos que podem acontecer dois tipos de furtos no varejo, vamos às dicas para evitá-los:

Dicas para evitar furtos no varejo

1. Entenda a natureza das perdas em sua loja

A primeira dica para evitar furtos no varejo é saber onde estão as perdas em sua loja. Entender os setores que são mais visados por furtantes é essencial para criar ações para que não aconteçam.

Os furtos são tipos de perdas desconhecidas, isso quer dizer, que só são percebidos em inventários, quando há a contagem de produtos. Assim, manter processos de inventários periódicos e investir em um controle de estoque eficiente é a melhor forma de buscar informações.

Sem o conhecimento sobre a existência dos furtos é impossível criar ações para evitar que aconteçam. Além disso, saber no geral quanto sua loja sofre com perdas é outro elemento que deve ser presente na gestão de um varejista, com esses números é possível mensurar investimentos e criar estratégias para solucionar problemas.

2. Conte com equipamentos de segurança

Os equipamentos de segurança são os principais responsáveis por garantir a segurança do empresário contra furtos no varejo. Hoje em dia existem diversas ferramentas tecnológicas que protegem a loja.

Antenas antifurto e câmeras de segurança por exemplo, são algumas ferramentas que protegem estabelecimentos comerciais. As antenas ficam nas entradas das lojas e produzem um alarme toda vez que alguém tenta passar com um produto, por outro lado, um circuito fechado de TV permite que todo o ambiente seja monitorado por uma equipe.

Além de alertar e monitorar a loja, estes equipamentos são essenciais para transmitir uma mensagem de prevenção de perdas para as pessoas. O público externo ao se deparar com estes equipamentos e com avisos que informam a presença deles, perceberá que a empresa adota estratégias de segurança, inibindo assim a ação de pessoas mal-intencionadas.

Os equipamentos de segurança também são importantes para o público interno, os colaboradores da empresa. Sabendo que há uma preocupação em prevenir, haverá uma assimilação da cultura de prevenção de perdas.

3 dicas para evitar furtos no varejo

 

3. Tenha processos de prevenção de perdas

Grande parte das perdas de uma empresa está relacionada com rotinas internas, atividades que fazem parte da operação do negócio. Algumas ações também são importantes para evitar furtos de produtos.

A equipe de prevenção de perdas deve tomar todas as atitudes para não deixar que apareça uma oportunidade de furto. Quando falamos em furtos internos por exemplo, controlar o acesso de pessoas a ambientes internos da empresa é uma ação que deve ser executada fielmente pelos gestores da empresa.

Evitando que colaboradores entrem com sacolas e mochilas no depósito da empresa, você estará prevenindo contra furtos no varejo.

Outro ponto importante é entendimento por parte dos colaboradores da cultura de prevenção. Se a sua empresa não conta com uma estratégia consolidada de segurança contra furtos, começar a conscientizar os colaboradores sobre a prevenção é o primeiro passo para conseguir êxito.

Evitar furtos no varejo é investir em melhores resultados

Essas são as 3 principais dicas para evitar furtos no varejo. Realizando essas ações será possível melhorar os resultados de venda, reduzindo o número de perdas.

Todos os estabelecimentos correm risco. Se há uma grande movimentação em sua loja, sempre haverá alguém mal-intencionado, esperando uma oportunidade para extraviar um produto. O grande segredo é fazer com que sua empresa não ofereça oportunidade a essas pessoas.

Como falamos em equipamentos, é importante saber como está a situação deles? Responda 6 perguntas e saiba a manutenção em sua loja.

Ficou com alguma dúvida? Escreva para contato@infovarejo.com.br

Acha que sua empresa está preparada para evitar furtos no varejo? Deixe sua opinião nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Apoiadores do InfoVarejo