O que é o Dia da Liberdade de Impostos

Você sabia que no Brasil será preciso trabalhar 153 dias apenas para pagar os impostos de 2017? Com base nesse número no dia 1º de junho será realizado o Dia da Liberdade de Impostos (DLI), a oportunidade de comerciantes e consumidores protestarem e se conscientizarem sobre o alto número de impostos que é cobrado no país.

O que é o Dia da Liberdade de Impostos
O movimento, novamente, será realizado nas principais cidades do Brasil e cada vez tem atraído mais atenção da população.

O objetivo do Dia da Liberdade de Impostos é de conscientização. Demonstrar toda a insatisfação com a carga tributária no Brasil, e principalmente o destino e o peso desses impostos sobre a renda do povo brasileiro.

Como será?

A ação consiste em produtos sendo vendidos com descontos no valor correspondente a carga tributária da mercadoria. Ou seja, o comerciante, calcula o valor dos impostos do produto e aplica o desconto neste mesmo valor.

Quem banca o desconto é o comerciante, o imposto é recolhido normalmente.

A gasolina por exemplo que, normalmente, é tema de grandes reclamações dos consumidores devido ao alto valor de impostos arrecadados pelo Governo, será vendida com um desconto superior a 40% nos postos de combustíveis que participam do evento.

A CDL BH e a CDL Jovem são instituições que abraçam e organizam o Dia da Liberdade dos Impostos, entre no site e participe: DLI.CDLBH

Impostos no Brasil

O Brasil figura na lista dos países que possuem uma das maiores cargas tributárias do mundo. Para se ter uma ideia até o dia 24 de abril de 2017 já havia sido arrecadada 700 bilhões de reais em impostos no país.

A diferença do Brasil para os outros países que se encontram nesse ranking é o retorno dos impostos arrecadados.

O atual cenário econômico/político não é favorável. Além de não ser possível perceber onde o dinheiro dos impostos está sendo aplicado, nos deparamos com escândalos de corrupção política, onde o dinheiro público não é levado a sério.

O varejo e o Dia da Liberdade de Impostos

A carga tributária causa impacto na vida de todos os brasileiros e, como ficou claro acima, a conta não é tão simples de fazer. Por isso, precisamos de políticos produtivos e competentes para tomar as decisões certas para o Brasil.

O varejo, por estar todos os dias em contato direto com o consumidor, tem um grande poder. O poder de comunicar e mobilizar as pessoas. O Dia de Liberdade de Impostos tem de ser adotado pelo setor varejista em todo o país para expressar a insatisfação com a alta carga tributária e a má destinação e uso do dinheiro público.

E quer saber a melhor? É possível participar do Dia da Liberdade de Impostos promovendo sua loja com uma ideia nobre, conscientizando os seus clientes sobre a arrecadação dos impostos. Essa ação fará com que esses clientes vejam que você está do lado deles.

Leia nesse artigo 7 motivos para sua empresa participar do DLI!

Se estiver em Belo Horizonte ou região, procure a CDL BH ou a CDL Jovem, eles poderão ajudá-lo com informações, exposição dos seus produtos, dicas e materiais promocionais. Mais informações no site do DLI.

Um pouco de economia

Para entendermos melhor a situação tributária para realmente chegarmos à conclusão que estamos pagando impostos demais, é necessária uma rápida apresentação do cenário tributário brasileiro e como esses números são calculados.

Independente de questões ideológicas sobre a participação estatal na economia e na vida das pessoas, existe uma questão técnica simples:

Será que a atual carga tributária, a alíquota de 32% no caso do Brasil, maximizaria a receita do governo?

Impostos/arrecadação

Nem sempre aumentar impostos aumenta a arrecadação. Veja, com o aumento de impostos, o preço do produto aumenta e reduz seu volume de venda, além de aumentar a sonegação. Assim, no final das contas, um aumento de impostos, pode na realidade, reduzir a arrecadação.

Caso tenha interesse, leia essa matéria abaixo.

O que é o Dia da Liberdade de Impostos

Matéria sobre sobre a alta carga tributária.  

O contrário também acontece, lembra em 2009, quando o Governo desonerou o IPI de automóveis para combater a crise internacional? Então, a redução de impostos fez com que as vendas aumentassem e consequentemente a arrecadação aumentasse. Veja essa matéria da época:

O que é o Dia da Liberdade de Impostos

Matéria G1 / Matéria Portal Brasil 

Curva de Laffer e a carga tributária brasileira

A curva de Laffer pode ser entendida como a relação entre a arrecadação e a carga tributária.

Dessa forma é calculado qual seria a alíquota ideal de ser arrecadada, sendo que 0% seria impossível, pois não geraria receita tributária e 100% também não geraria receitas, pois não haveria motivo ou incentivo para a circulação de valores.

Então, voltamos à pergunta: A alíquota de 32% de impostos no Brasil está acima ou abaixo do ponto de maximização da arrecadação de impostos?

Como somos especialistas em varejo e não macroeconomia, não temos a resposta! Mas economistas que já fizeram os cálculos acreditam que, no caso brasileiro, já passamos do ponto de maximização da arrecadação. Ou seja, na prática, se reduzissem os impostos, teríamos mais arrecadação. Todos sairiam ganhando!

Viu como o Dia da Liberdade de Impostos é importante? O varejo tem um papel fundamental para chamar a atenção da população e melhorarmos nosso Brasil.

Acompanhe o InfoVarejo que em breve daremos dicas de como transformar o DLI não só em uma ação de cidadania, mas em uma oportunidade para sua loja vender mais!

Acesse o post com os 6 motivos para participar do DLI e fique ligado!

Veja também o passo a passo para participar do DLI. 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e ajude na divulgação do movimento.

Ficou com alguma dúvida? Mande um e-mail para contato@infovarejo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Apoiadores do InfoVarejo