InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:
InfoVarejo

Como escolher um ERP para supermercado?

Escrito por Gabriel Junqueira | 22/09/2017
  • 260 visualizações
  • 24 compartilhamentos

Escolher o sistema de gestão (ERP), que será usado no seu supermercado é um processo difícil e deve ser feito com muita atenção pelo supermercadista. Diante de todas opções que o mercado oferece, muitos empresários têm dúvida sobre como escolher um ERP para supermercado.

Como escolher um ERP para supermercado?

Um software ERP é fundamental para o supermercadista conseguir melhorar a produtividade do seu negócio, aumentando a eficiência da gestão e integrando os principais sistemas da sua operação.

Sistemas integrados funcionam melhor, isso é fundamental para evitar erros e aumentar a lucratividade em todos os setores da sua loja. Fizemos um artigo falando sobre os motivos de implantar um sistema de gestão no seu supermercado. Confira o artigo nesse link.

Diferente de outros tipos de produtos e serviços que seu supermercado consome, no momento de escolher um ERP para supermercado é preciso mais atenção pelos seguintes fatores:

1. Envolve informações da sua empresa – você vai lidar com informações privadas da sua empresa, faturamento, preços de custo, etc. Logo, é necessário atenção.

2. Investimentos paralelos – muitas vezes são necessárias compras de equipamentos, licenças de software, melhorar o cabeamento da loja, etc.

3. Custo alto – engana-se o supermercadista que acredita que o custo de implantar um software de gestão é apenas o que ele pagará para a empresa. Um custo muito maior é o tempo de seus funcionários para colocar o software em produção.

4. Existe um custo de mudança – se você precisar mudar de software, você terá um custo relevante de mudança. Diferente de trocar de fornecedor de uma mercadoria, como o arroz, ou trocar de prestador de serviço de limpeza da loja, que envolve baixo custo, trocar de software de gestão tem um custo alto.

Portanto, muita atenção nesse processo para você não errar. Não tem como prever o futuro, mas tem como tomar alguns cuidados para não cometer erros evitáveis.

Enfim, saiba como escolher um ERP para supermercado:

1. Conheça a empresa que está por trás.

O sistema de gestão não é só produto, é serviço também. Principalmente na fase inicial de implantação e treinamento, você vai depender muito das pessoas da empresa que você contratou para fornecer o ERP.

Outro ponto é, que por ser um processo delicado, que envolve a gestão e informações do seu supermercado, é importante avaliar se a empresa que está por trás da ferramenta é confiável e sólida.

Busque empresas que tenham certificados, premiações, que sejam reconhecidas no mercado. Você pode consultar associações e outros supermercadistas a respeito da empresa que você está contratando.

2. Conheça sua necessidade

O produto precisa resolver o problema de gestão do supermercado.

Se seu supermercado é maior, tem processos mais complexos e precisa de flexibilidade em executar um processo da maneira que lhe convém, um software completo com mais recursos vai te atender melhor.

Já se seu supermercado é menor, e você precisa do software para realizar as operações básicas, ou caso você esteja buscando um sistema de gestão que atenda suas obrigações legais, como emissão de cupom fiscal e nota fiscal, um sistema simples e de baixo custo talvez seja a melhor opção.

Nesse segundo caso, você ainda pode optar por um sistema de gestão em nuvem, mesmo que a empresa esteja longe da sua loja. Como as operações serão simples, é possível realizar toda implantação remotamente, com treinamentos via telefone, por exemplo. Assim é possível reduzir muito seu custo.

3. Compare as diferentes ofertas

As empresas fornecedoras de software possuem posicionamentos diferentes, dessa forma elas são especializadas no atendimento a diferentes setores do mercado.

Por isso é essencial que você escolha uma empresa que esteja acostumada a atender lojas como a sua, ou seja procure sistemas que estejam habituados com  a operação de supermercados. Isso será importante no momento de solucionar uma dúvida, atender um quesito ou resolver um problema de operação do software.

Conforme já falamos, o sistema de gestão é composto tanto pelo produto, que é o próprio software, como também por serviços, que é a implantação, treinamento e suporte no dia a dia (que você uma hora vai precisar).

Portanto, entender sua realidade e o que vai ser necessário é fundamental para fazer uma compra certa.

O suporte é um quesito crítico. Normalmente não é avaliado no momento de contratação do sistema de gestão, mas depois que contratado é um dos quesitos mais utilizados no dia a dia.

Se você tem um supermercado com um certo grau de complexidade na operação, ficar apenas orientado ao valor da mensalidade pode ser uma armadilha na hora de contratar um software.

4. Fique atento a operação do PDV

O ponto de venda do supermercado possui muitas particularidades e no momento de escolher o sistema de gestão para atendê-lo, você deve avaliar se o software atende todas as demandas desse setor da sua loja.

Um ERP para supermercado deve ter um sistema de frente de caixa que sempre esteja operando, isso é bem básico: se a operação no seu PDV parar, você não conseguirá realizar vendas no seu caixa, isso é prejuízo na certa.

O fluxo de movimentação no ponto de venda é intenso, isso significa que o sistema precisa operar com eficiência nos momentos de maior movimento do supermercado.

Para escolher um ERP para supermercado é preciso também ter certeza que ele conta com um frente de caixa que funcione OFFLINE, imagine um momento de queda da internet, sua operação de venda não pode parar não é?

5. Integrações com outros softwares

O software não precisa ter tudo, mas é importante que ele permita integrações com outros sistemas. Principalmente no caso de supermercados, que o ecossistema é rico, e possui vários sistemas que ajudam a operação.

Um conciliador de cartões por exemplo, é uma ferramenta que para o seu supermercado é fundamental, pois ajuda no momento dos lançamentos e controle das vendas realizadas em cartões. Esse sistema evita o pagamento de taxas abusivas e o mais importante: evita que o supermercadista não receba todo o valor das vendas.

Uma integração que serve para facilitar a sua vida no cadastro de produtos é um sistema de validação tributária (veja esse artigo explicando o que é validação tributária no cadastro de produtos). No momento de cadastrar os produtos você deve informar a tributação de cada um, sem uma automação o risco de erros aumenta consideravelmente.

Integrações com um ERP também são fundamentais para o aumento de vendas, como é o caso do e-commerce. Os consumidores estão mudando os seus hábitos de compra, hoje em dia a internet faz parte do cotidiano e está presente nos momentos de compras. O supermercadista precisa acompanhar essa evolução e atender o consumidor em todos os momentos de compra. Um ERP para supermercado é a solução para isso.

Temos um artigo com algumas dicas para você analisar antes de escolher um ERP para supermercado. Veja neste Link: Veja 6 dicas antes de contratar um sistema de gestão para seu supermercado. 

Escolher um ERP para supermercado é um desafio

O processo de escolha do sistema de gestão que será usado no seu supermercado é complicado, você deve analisar vários pontos e ter certeza que a escolha seja a mais correta para seu negócio. Seguindo esses tópicos você terá sucesso na hora de escolher um ERP para supermercado e assim conseguir bons resultados.

Está indeciso sobre a implantação de um sistema de gestão? Fale com um especialista parceiro do InfoVarejo.

Gostou do artigo? Deixe um comentário com sua opinião.

Ainda está com dúvida sobre como escolher um ERP para supermercado? Mande um e-mail para contato@infovarejo.com.br


Publicidade

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no InfoVarejo?

Assine nossa Newsletter, é grátis e rápido. Assim você nunca perde nada do que se passa por aqui!


Apoiadores
avanco
si
conciliador
troco_simples