fbpx
Softwares

Banco Central modifica regras para Recebíveis de Cartão

Escrito por Gabriel Junqueira | 11/06/2021
  • 988 visualizações
  • 39 compartilhamentos
Tempo de leitura: 2 minutos

Na última segunda-feira (7 de junho de 2021) começou a valer a decisão do Banco Central para a mudança de recebíveis em cartão de crédito e débito por lojistas. 

Banco Central modifica regras para Recebíveis de Cartão

Essa medida aumenta a concorrência entre os bancos e reduz o spread bancário – diferença entre as taxas pagas pelas instituições para captarem recursos e as taxas cobradas dos clientes.

O que essa mudança significa?

Atualmente, para receber as suas vendas em cartão de crédito você precisa esperar 30 dias, ou pagar uma taxa de antecipação ao banco para sacar o dinheiro antes desse período. Por exemplo, se em fevereiro sua loja vendeu R$30.000,00 no crédito, você precisa esperar os 30 dias para sacar o total, ou pagar, digamos, 3% do valor, supondo que essa seja a taxa que a sua instituição financeira cobra para a antecipação do valor. 

Com a mudança, outras instituições bancárias podem ter acesso aos valores que sua loja tem a receber. Isso dá à sua loja a possibilidade de poder negociar e sacar os recebíveis em outro banco, um que tenha uma taxa de antecipação menor. Então, nessa situação, você pode procurar um banco que cubra a taxa dos 3% acima e receber o valor antecipado. No final do mês o Banco que você utiliza repassa o valor para o Banco que você fez o antecipou. 

Como isso ajuda sua loja?

Com o aumento de uso de cartão, grande parte das suas vendas são realizadas no crédito, o que acaba interferindo no seu dinheiro de caixa. Precisar fazer a antecipação dos recebíveis em cartão é normal, mas muitas vezes as taxas bancárias são assustadoras. 

A mudança feita pelo Banco Central te ajuda a manter as contas em dia, sem precisar pagar um valor tão alto de antecipação. 

Vale ressaltar que a mudança vale para cartões de crédito e débito. 

Por isso, antes de sacar antecipadamente os recebíveis de cartão, sempre pesquise a instituição financeira com a menor taxa. 

O que fazer agora?

A partir da mudança, todas as transações, feitas por maquininhas ou online, serão automaticamente registradas na Registradora, uma espécie de cartório digital dos recibos de cartão de crédito. Se você preferir que apenas a sua instituição bancária tenha acesso aos dados, não precisa fazer nada, mas se optar por receber a antecipação de outra instituição, você precisará autorizar o compartilhamento dos seus recebíveis.  Algumas empresas vão atuar como Registradoras e apenas o banco de sua escolha terá acesso ao valor dos seus recebíveis. 

Essa foi uma forma que o Banco Central encontrou de organizar e compilar as informações dos recebíveis e os serviços prestados. 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos varejistas.

Caso ainda tenha dúvidas ou sugestões, mande para nós no Fórum InfoVarejo!

Patrocinado: