Aprendizados do 6º Encontro de Gestores Supermercadistas

O InfoVarejo esteve presente na sexta edição do Encontro de Gestores Supermercadistas, idealizado pela Avanço Informática, empresa mineira fornecedora de ERP para o segmento, que contou com apoio da SI Automação Comercial, Algar Telecom, Compex e a AMIS (Associação Mineira de Supermercados).

Aprendizados do 6º Encontro de Gestores Supermercadistas

 

O evento teve como tema: “ Superando desafios”, e apresentou para os gestores supermercadistas como superar momentos de mercado recessivo e conseguir sempre bons resultados para seu negócio, assegurando a sobrevivência da empresa em um mercado tão competitivo que é o varejista.

Ao final do evento, os participantes saíram com várias informações e conhecimentos importantes para aplicar no dia a dia da gestão e operação dos seus negócios. Para os gestores supermercadistas que não estiveram presentes no encontro, preparamos um resumo com os principais aprendizados alcançados durante esse dia.

Aprendizados do sexto Encontro de Gestores Supermercadistas: 

1. Importância da gestão financeira pelo caixa

O fluxo de caixa do supermercado merece muita atenção do gestor, o varejo é caracterizado por um alto grande número de movimentações financeiras e pelo alto giro de produtos, isso representa um volume alto de entradas e saídas que precisam ser controladas.

A responsabilidade do gestor é realizar uma análise detalhada e correta da movimentação financeira da loja, ou seja, as saídas e os recebimentos diários, e realizando a previsão desses a longo prazo.

Essa gestão financeira também envolve o acompanhamento do capital de giro, pois é preciso controlá-lo, e ainda a supervisão das dívidas, nesse caso o supermercadista precisa sempre pensar em maneira de reduzir as taxas de juros.

O plano de contas é um importante aliado do controle financeiro da empresa. Saiba mais nesse artigo.

2. Importância do cadastro de produtos

O cadastro de produtos é a principal base de informações de toda a operação do supermercadista.

Só essa informação já seria suficiente para que qualquer gestor empregasse esforços para deixar esse cadastro sempre correto e atualizado. O cadastro de produtos é essencial para que o sucesso durante todo o processo de venda de um item, passando pelo recebimento de mercadorias, até o momento da tributação da venda realizada pelo PDV.

Outro ponto que merece destaque é a relevância desse cadastro no momento da tomada de decisões do supermercadista, com dados precisos sobre a movimentação dos produtos é possível perceber melhores oportunidades e evitar prejuízos. O cadastro de produtos também é fundamental para o combate às rupturas, que representam grande perdas para o varejo.

Preparamos um material exclusivo sobre cadastro de produtos você pode acessar gratuitamente nesse link.

3. O e-commerce está presente no varejo alimentar

Com a mudança dos hábitos de compras dos consumidores, a globalização da internet e o alto acesso da população a dispositivos móveis, como celulares e tablets, a internet se transformou em um canal de venda precioso para qualquer varejista.

Hoje em dia muitos consumidores já fazem as compras do supermercado pela internet, por isso não estar presente nesse ambiente resulta em perda de venda para uma loja.

Por muito tempo os supermercadista acreditavam que as vendas online iriam afastar os clientes das lojas física, o que já se comprovou como mentira.

As vendas virtuais complementar as vendas que ocorrem na loja física.

De fato são complementares, pois as atividades operacionais e gerenciais devem ocorrer em conjunto para que o supermercadista consiga sucesso nos dois formatos de venda. Podemos ter como exemplo o controle das rupturas, que para a plataforma virtual funcionar perfeitamente é preciso que a gestão de produtos aconteça de forma eficaz no ambiente físico.

Saiba como as vendas virtuais podem acabar com a ociosidade da operação do supermercado.

4. Importância da gestão e eficiência operacional

Ao longo de quase todas as palestras e apresentações de cases de mercado, uma coisa tornou unanimidade: a gestão eficiente é a chave para o sucesso de uma empresa.

Para sobreviver a momentos de crise é preciso que o supermercadista esteja preparado para construir ações para reduzir os efeitos desses períodos. “O empresário precisa criar uma rotina gerencial”, ou seja, é dever do dono do negócio realizar a gestão da empresa todos os dias.

Essa gestão está relacionada ao ao controle dos processos, análise dos resultados, acompanhamento dos investimentos, redução de despesas, administração do fluxo de caixa, etc. O gestor deve acompanhar e gerenciar tudo que acontece na sua loja.

O sistema de gestão é o principal aliado do varejista no momento de gerenciar a loja. Saiba mais nesse artigo.

5. Consumidores querem marcas mais modernas e engajadas com seus valores

A geração de valor para o cliente também ganhou destaque durante o encontro, atualmente temos no mercado muitos estabelecimentos que entregam o mesmo produto, sendo assim o diferencial competitivo de cada empresa está na relação que ela constrói com o seu cliente.

Consumidores estão se conectando aos estabelecimentos por meio dos valores compartilhados, isso quer dizer que, o discurso que a sua empresa prega irá atrair um determinado tipo de cliente. Portanto é indispensável que você conheça os hábitos das pessoas que compram em sua loja, para que seu negócio consiga se engajar com a luta delas.

O atendimento pode se transformar em um diferencial competitivo da sua loja. Saiba mais.

6. Ter cristalizado o DNA da empresa

O DNA da empresa deve fazer parte do dia a dia e de todas as ações que envolvem o negócio.

Esse aprendizado pode parecer básico, mas o supermercadista precisa saber de forma bem clara, qual o DNA da sua empresa. Vimos que o mercado supermercadista é altamente competitivo e o diferencial da sua empresa deve ter como base o aspecto mais forte, aquele setor que você tem destaque, ou seja, que consegue entregar o melhor serviço e agregar valor ao cliente.

No Encontro de Gestores Supermercadistas, vimos o case do supermercado BIG MAIS, que por começar como uma casa de carnes, sempre esteve enraizado em suas operações a excelência na entrega no setor do açougue.

Essa percepção de definir de forma clara a essência do negócio, quais são os objetivos a seguir faz com que o supermercadista consiga planejar as ações e otimizar a operação tendo como meta a perfeição nessa área.

Para superar a crise é preciso estar preparado

Sabe aquela frase muito usada pela sociedade, que diz que “em time que está ganhado não se mexe”? No varejo as as coisas funcionam de forma contrária, quando os resultados estão muito bons é preciso sempre mudanças para que continuem crescendo. A acomodação representa prejuízos para um supermercado.

O gestor supermercadista deve acompanhar as novidades do mercado, as tendências de consumo e os hábitos de compra, sempre andando lado a lado com o seu cliente, procurando entregar a melhor experiência de compra para ele.

Processos internos bem estruturados, controle seguro do fluxo de caixa, eficiência no cadastro de produtos, conhecimento do DNA da empresa, ajudarão você a entregar um valor que seja compartilhado com seus clientes, o resultado disso é o destaque no mercado e o crescimento da sua marca.

Gostou desse aprendizados alcançados no Encontro de Gestores Supermercadistas ? Deixe nos comentários sua opinião.

Ficou com alguma dúvida? Mande um e-mail para contato@infovarejo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *