8 rotinas para evitar as perdas de estoque

O principal objetivo de qualquer varejista é vender os itens que estão em suas gôndolas, sendo assim, as perdas de estoque são prejudiciais ao resultado que é esperado de uma loja, pois são elas as responsáveis pelos desperdícios de produtos que deveriam ser vendidos.

Você sabe o que são as perdas? Criamos um artigo explicando com detalhes o que são e cada tipo desse problema que, infelizmente, afeta os estabelecimentos do varejo.

8 rotinas para evitar as perdas de estoque

 

As perdas podem acontecer em diversos momentos da operação da loja, desde o momento do recebimento de mercadoria, até o instante que ela passa pelo PDV. Por isso a prevenção é a melhor forma de evitar que aconteça e que prejudique os resultados da empresa.

Quer saber a importância de um setor de prevenção de perdas? Veja esse artigo.

Vamos apresentar aqui, algumas rotinas que devem ser implantadas pelo setor de prevenção, para evitar as perdas de estoque na loja.

Principais formas de combater as perdas de estoque:

A prevenção de perdas está ligada aos processos internos da operação do varejista, por isso grande parte das formas de combater tem relação com a melhoria e a criação de rotinas mais cuidadosas de operar a loja.

1. Sistema de gestão integrado

Hoje em dia pensar em uma gestão de processos sem contar com um sistema ERP integrado é impossível. As informações dos softwares de todos os setores precisam estar integradas em uma única plataforma, dessa forma será garantida a segurança dos dados e a possibilidade de relatórios confiáveis.

Além disso, o sistema de gestão é importante para o controle de estoque em geral, pois ele será responsável por fornecer dados para a compra, venda e movimentação em geral das mercadorias que a loja possui.

Veja os motivos para utilizar um sistema de gestão na sua loja.

2. Acompanhamento do volume de compras

Grande parte das perdas de estoque de uma loja está ligada ao desperdício de produtos que são derivados da falta de procura por parte dos consumidores, ou seja, a demora para vender, que gera fim do prazo de validade e ações promocionais sem sucesso.

Dessa forma, o setor de compras deve ser um dos responsáveis por evitar as perdas, estabelecendo um processo de aquisição de mercadorias baseado na demanda do cliente.

O pedido de compra é um aliado do setor de compra, entenda o porquê.

3. Controle de estoque

O controle de estoque é um dos grandes desafios do varejista e é o principal responsável por garantir o sucesso de toda a operação. Com a prevenção de perdas não é diferente, é essa atividade que deve acompanhar toda a movimentação dos itens na loja.

Vencimento, transporte e exposição nas prateleiras, são algumas atividades que devem ser acompanhadas de perto pela equipe responsável por controlar o estoque da loja. Esses processos são grandes causadores de desperdícios e o acompanhamento de perto é fundamental para reduzi-los.

Veja neste artigo os 4 passos para um bom controle de estoque.

4. Recebimento de mercadorias

A prevenção contra perdas de estoque deve começar no momento em que os produtos chegam ao depósito da loja. Um processo de recebimento de mercadoria eficiente deve oferecer informações precisas e corretas sobre os itens, alimentando assim todo o processo de controle de estoque e de vendas desses itens.

Os dados sobre a validade, transporte e exposição serão fundamentais para que a equipe responsável pelo controle de estoque possa adotar as melhores práticas, tanto para manuseio, quanto para venda.

Quer saber mais sobre um processo eficiente de recebimento de mercadoria? Veja esse artigo.

Um processo muito utilizado por vários varejistas é o confronto do pedido de compra, com a Nota Fiscal Eletrônica e o recebimento na loja. Nesse artigo explicamos esse processo!

5. PVPS – Primeiro que Vence é o Primeiro que Sai

Essa rotina deve ser adotada pela equipe de reposição de mercadorias, que é basicamente, dar atenção aos produtos que têm um vencimento próximo.

Muitas vezes, na correria do dia a dia os repositores, com pressa, tendem a colocar os produtos sem prestar atenção na data de validade, isso pode ser a causa de grande parte das perdas desses itens. Sendo assim, aplicar um processo cuidadoso de reposição de mercadoria que tenha como fundamento deixar os produtos que vencem primeiro à frente, é uma boa estratégia para evitar perdas de estoque.

6. Processos estruturados

A operação do estoque deve ser baseada em uma estrutura fixa de controle e gestão. Essa estrutura deve ser baseada em regras e normas, dessa forma todos os processos que derivam do controle de estoque serão padronizados, evitando erros e divergências operacionais, que podem causar perdas.

É importante ressaltar que processos como rondas e auditorias fazem parte da rotina de prevenção de perdas e devem ser feitos para avaliar a efetividade das ações criadas para reduzir esses problemas.

7. Indicadores

Todos os processos do varejista devem ser avaliados e gerenciados por meio de indicadores de resultados. Esses dados serão importantes para avaliar a ocorrência de perdas de estoque, o aumento de produtos de alto risco e as causas que mais ocorrem na loja.

O planejamento de ações voltadas para o combate às perdas de estoque deve ser feito com base nesses indicadores, dessa forma, o gestor será amparado por dados precisos o que evita investimento errado.

8. Inventário de estoque

O inventário de estoque é a principal forma de conseguir dados sobre o estoque da sua loja. Por meio dessa atividade será possível fazer o alinhamento entre as informações do sistema de gestão (estoque virtual) e os dados coletados no estoque (estoque físico).

Além disso, por meio do inventário é possível contar todas as mercadorias da loja e estabelecer informações precisas para o setor de compras e acertar o controle de estoque, evitando perdas de estoque.

Sabe como fazer um inventário de estoque confiável em sua loja? Confira nesse post.

O combate às perdas de estoque é essencial para a loja

Em um mercado cada vez mais competitivo, a melhor forma do varejista garantir o aumento da lucratividade do seu negócio é reduzir as perdas e desperdícios que acontecem em sua loja.

Por isso, seguir as rotinas apresentadas aqui e estabelecer uma cultura de combate às perdas de estoque é um diferencial competitivo e pode garantir resultados melhores para o varejista no momento de fechar o faturamento da empresa.

Gostou do artigo? Deixe sua opinião, ela será importante para a gente.

Ficou com alguma dúvida sobre as rotinas para evitar perdas de estoque? Manda um e-mail para contato@infovarejo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Apoiadores do InfoVarejo

{"slides_column":"4","slides_scroll":"1","dots":"false","arrows":"true","autoplay":"true","autoplay_interval":"2000","loop":"true","rtl":"false","speed":"1000","center_mode":"false"}