Eventos

4 lições para o seu supermercado continuar crescendo

Escrito por Gabriel Junqueira | 03/03/2020
  • 266 visualizações
  • 6 compartilhamentos

Apesar do aumento do comércio eletrônico, os consumidores continuarão a visitar lojas por vários motivos: compras adicionais, compras de última hora ou apenas porque gostam de fazer compras. 

4-licoes-para-o-seu-supermercado-continuar-crescendo

Os clientes gostam de ver, cheirar e tocar em produtos e há uma satisfação imediata quando você pode ter contato com algo que deseja comprar. Os varejistas precisam focar bastante a atenção nos elementos emocionais e criar uma experiência única.

Colocar o consumidor em primeiro lugar é o primeiro ponto. Atender as necessidades individuais é o mínimo que esperam da sua loja.

Mas no que preciso focar para meu supermercado continuar crescendo?

Experiência

Criar experiências personalizadas que os compradores não podem acessar on-line é  a tendência número 1 para os supermercados. 63% dos consumidores acham que personalização é importante no varejo.

Os consumidores não estão mais satisfeitos com uma compra chata e estressante. Por isso, os supermercados estão se transformando em centros sociais, combinando necessidades de compra e entretenimento, como restaurantes e bares dentro dos supermercados. 

Outro excelente exemplo de personalização (aderente) é a personalização de ofertas. Atualmente temos um advento de ferramentas com esse propósito, e, do ponto de vista operacional, é simples de se implantar na loja. 

Personalização

Os dados são a transformação do varejo. Por isso a coleta de dados dos clientes é muito importante. Por meio do conjunto de dados e Inteligência Artificial, você conseguirá segmentar produtos e ofertas com mais eficiência. 

Assim, você impulsionará a compra e garantirá que as campanhas e promoções, como os cupons e programas de fidelidade, tenham o máximo de efeito. 

Pequeno e ágil

Os clientes querem conveniência e agilidade, eles não fazem mais uma compra por mês e a média de tempo gasto reduziu pela metade nos últimos anos. 

Dessa forma, ações que visam facilitar a jornada de compra do consumidor são essenciais.

Uma dessas ações é o reagrupamento dos produtos por afinidade. Assim, as compras se tornam mais fáceis e lógicas para os clientes. Exemplo, uma seção com o tema “O que há para o jantar”, onde o cliente encontrará desde especiarias e massas, a bebidas. 

Agrupamentos assim não só facilitam a localização de itens, mas também ajudam você a obter tamanhos maiores de cesta. 

Cativar o consumidor

O consumidor não quer mais apenas o produto, ele quer saber a história por trás e quais os valores da sua loja. Além disso, ele quer sentir que aquele produto foi feito apenas para ele. As ofertas personalizadas são uma forma de transmitir isso.

Por isso, foque nos gostos particulares do local onde você está inserido. Outro ponto é que os produtos de marca própria sofrem, continuamente, um crescimento. As marcas estão criando isso não por serem produtos mais baratos, mas por refletirem a missão e os valores da sua empresa. 

Mesmo que o seu supermercado não seja grande ao ponto de produzir ou embalar produtos com a própria marca, você pode trabalhar a identidade em outros pontos, como na padaria, no açougue e no hortifrúti. 

Lembre-se sempre de manter o frescor desses produtos. Caso esses setores sejam de qualidade e tenham diferenciais, sua marca será sempre lembrada. 

Como melhorar a percepção de valor na minha loja?

O primeiro ponto é entender e mensurar os dados dos seus clientes, você consegue isso colhendo feedbacks e analisando-os. 

A partir da análise, você irá realizar um diagnóstico e definir uma estratégia de posicionamento para o cliente. 

A visão precisa ser a longo prazo, os resultados não vão surgir do dia para a noite. Mas você não pode desistir. É preciso disciplina e consistência na execução das estratégias. 

Como vencer a batalha contra as grandes redes?

Em primeiro lugar, você precisa de um posicionamento muito bem definido. Iniciando com a balança entre qualidade e preço bem estabelecida. Claro, não se esquecendo do básico bem feito, como ruptura, atendimento e limpeza da loja. 

Em seguida, é preciso focar na qualidade do seu sortimento de produtos: variedade, produtos novos e diferentes, e frescor. 

Personalização e e-commerce tem as manchetes, mas é gerenciando a ruptura, deixando as lojas limpas e tendo uma equipe com excelente atendimento que sua loja chegará ao sucesso.

A relevância do mix é o principal fator para amplificar o crescimento. O básico importa.

A resposta para ter uma empresa próspera e aumentar seu ticket médio é ter o equilíbrio de preço e qualidade na loja, focar no sortimento, principalmente com produtos próprios e perecíveis e no básico bem feito.

Isso tudo deve ser focado no seu público alvo. Portanto, conhecer bem o cliente é fundamental. Até porque os maiores são mais engessados em relação a posicionamento.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário.

Se tem dúvidas ou sugestões, nos envie pelo Fórum InfoVarejo!

Publicidade