Estoque

4 dicas de como evitar gastos desnecessários no varejo

Escrito por Gabriel Junqueira | 21/11/2019
  • 827 visualizações
  • 155 compartilhamentos

“Custo é como unha: tem de cortar sempre”. Esse é o lema de um dos maiores empresários do mundo, além de um dos homens mais ricos do Brasil, Jorge Paulo Lemann. No supermercado, padaria ou mercearia não é diferente. 

O varejista deve ser paranoico com gastos e custos e, mesmo se a loja estiver dando resultados positivos, é fundamental questionar e estudar maneiras de reduzi-los. Como diz o velho ditado: “Dia de muito, véspera de pouco!”

3-dicas-de-como-evitar-gastos-desnecessarios-no-varejo

Nesse post vamos dar algumas dicas para facilitar essa vigília. Afinal de contas, no dia a dia atarefado de todo varejista, há muitas outras coisas para olhar.

1. Controle Financeiro

Passe a registrar e classificar todas as despesas da empresa. O primeiro passo é enxergar onde acontecem todos os gastos da loja. Em seguida, analise individualmente o que é possível cortar. Para facilitar, já que são muitas despesas, foque nos maiores valores. No início pode parecer difícil, mas com o tempo você chegará até as pequenas despesas, que somadas correspondem a um valor considerável no final do mês. Vai passar a perceber que de “grão em grão a galinha enche o papo!”.

Para controlar com eficiência e segurança é fundamental a utilização de um software. Mesmo que sua empresa ainda não utilize automação comercial no ponto de venda, você pode adotar um sistema financeiro.

Um bom começo é contar com relatórios financeiros que o ajudarão a identificar os custos. Não tem como fazer ter controle financeiro sem contar com uma previsão de fluxo de caixa, relatório de contas a pagar e um relatório de plano de contas para ter a visão global da sua operação. Neste artigo, você conhece saber mais sobre os relatórios financeiros que são essenciais para gerir melhor o seu negócio. 

2. Cadastro de Produtos

A importância do cadastro vai muito além de se ter uma boa descrição dos produtos e uma classificação bem feita dos departamentos. Os dados fiscais tributários também são fundamentais, pois eles são a base para o pagamento de impostos. Por isso, é fundamental que o varejista mantenha essa base atualizada e correta.

É muito comum constatarmos que o varejista está pagando mais impostos do que deveria, pois, muitas vezes, não compensa adequadamente os créditos e não aproveita os regimes especiais. Mais frequente ainda é a ocorrência de erros que podem acarretar multas para a sua empresa. A complexidade é alta, pois além do ICMS há o PIS e a COFINS. Pagar o imposto sobre a alíquota errada pode sair mais caro do que se imagina! E não se resume a isso, pois há outras informações como o NCM e o CEST, que fazem parte do cadastro, e são fundamentais para a geração das obrigações acessórias do Sintegra ou do Sped.

A boa notícia é que existem serviços e ferramentas no mercado que realizam esse trabalho para sua empresa. É o caso do software de validação tributária, oferecido por empresas especializadas em legislação tributária, para garantir a atualização correta do cadastro de produtos.

3 dicas de como evitar gastos desnecessários no varejo

3. Controle de Estoque

Para a maioria dos varejistas, o estoque corresponde a grande parte do ativo da empresa. Ao gerir o estoque o varejista evita gastos desnecessários com compras de produtos que já tem estoque suficiente ou de baixo giro, deixa de perder produtos pelo vencimento e, até mesmo, descobre fraudes de clientes e funcionários. Faz parte dessa gestão o processo de inventário, para checar os seus controles com o estoque real. E lembre-se da máxima de que uma empresa bem controlada, por si só, desestimula a ocorrência de fraudes.

Veja neste artigo as 10 principais causas de problemas Você conhece as 10 principais causas de problemas no estoque? Veja neste artigo. 

4. Comprar melhor

Se o olhar está para as despesas, vai chegar o momento de analisar todo o processo de compra da sua loja. Até porque, sem dúvida, os fornecedores de mercadoria são sua principal conta a pagar, então, nada mais óbvio que ter processos bem definidos de compra e ter a segurança que se está comprando bem.

Existem algumas maneiras para você conseguir comprar melhor e, consequentemente, aumentar seu lucro. 

Um processo de compra automatizado oferece a você ferramentas que te deixam em vantagem para negociar com o fornecedor. Por isso, ter um software de gestão torna a sua gestão ainda mais eficiente, potencializando os seus resultados.

É importante você entender que ter um cadastro de produtos estruturado agiliza ainda mais o processo de compras, visto que com ele é possível saber de maneira rápida e assertiva quais produtos você tem em loja e, assim, fazer os seus pedidos. 

Seguindo, pesquisar os preços dos concorrentes é uma maneira de saber qual é o preço médio que determinado item é vendido. Dessa forma, você terá uma base na hora de comprar produtos. Além disso, comprar de outros estados pode ser uma alternativa para conseguir melhores preços, mas essa opção precisa ser analisada cuidadosamente para que você não tenha prejuízos ao invés de lucros. 

Por último, mas não menos importante, uma alternativa que pode trazer ganhos significativos é comprar junto. Ao juntar com outros supermercadistas do mesmo porte você pode conquistar algo muito significativo na negociação: volume de compra. Dessa forma, você consegue ter acesso a preços menores. Isso reflete diretamente no seu processo de venda, porque conseguirá aumento na variedade de produtos e acesso a itens diferenciados. Dessa forma, você consegue trazer credibilidade ao seu negócio e satisfação aos seus clientes. 

Veja, neste artigo, os 5 passos para comprar melhor no seu supermercado!

Para evitar gastos é preciso começar com o básico

Com essas três ações, sua loja pode reduzir consideravelmente gastos desnecessários. Portanto, é preciso lembrar que o  processo é gradual, por isso, comece do básico com disciplina e determinação.

Além de evitar gastos desnecessários, quer saber como reduzir despesas? Nesse post damos algumas dicas importantes: Conheça 4 dicas para reduzir custos no varejo.

Confira e compartilhe com seus colegas e amigos!

Ficou com alguma dúvida sobre as dicas para reduzir gastos? Escreva para nós pelo Fórum Infovarejo

Publicidade