InfoVarejo ACESSO RÁPIDO:
Gestão

3 dicas de como evitar gastos desnecessários no varejo

Escrito por Gabriel Junqueira | 18/08/2016
  • 308 visualizações
  • 97 compartilhamentos

“Custo é como unha. Tem de cortar sempre”. Esse é o lema de um dos maiores empresários do mundo, além de um dos homens mais ricos do Brasil, Jorge Paulo Lemann. No supermercado, padaria ou mercearia não é diferente. O varejista deve ser paranoico com gastos e custos e, mesmo se a loja estiver dando resultados positivos, é fundamental questionar e estudar maneiras de reduzi-los. Como diz o velho ditado: “Dia de muito, véspera de pouco!”

3 dicas de como evitar gastos desnecessários no varejo

Nesse post vamos dar algumas dicas para facilitar essa vigília. Afinal de contas, no dia a dia atarefado de todo varejista, há muitas outras coisas para olhar.

1. Controle Financeiro

Passe a registrar e classificar todas as despesas da empresa. O primeiro passo é enxergar onde acontecem todos os gastos da loja. Em seguida, analise individualmente o que é possível cortar. Para facilitar, já que são muitas despesas, foque nos maiores valores. No início pode parecer difícil, mas com o tempo você chegará até as pequenas despesas, que somadas correspondem a um valor considerável no final do mês. Vai passar a perceber que de “grão em grão a galinha enche o papo!”.

Para controlar com eficiência e segurança é fundamental a utilização de um software. Mesmo que sua empresa ainda não utilize automação comercial no ponto de venda, você pode adotar um sistema financeiro.

2. Cadastro de Produtos

A importância do cadastro vai muito além de se ter uma boa descrição dos produtos e uma classificação bem feita dos departamentos. Os dados fiscais tributários também são fundamentais, pois eles são a base para o pagamento de impostos. Por isso, é fundamental que o varejista mantenha essa base atualizada e correta.

É muito comum constatarmos que o varejista está pagando mais impostos do que deveria, pois muitas vezes não compensa adequadamente os créditos e não aproveita os regimes especiais. Mais frequente ainda é a ocorrência de erros que podem acarretar em multas para a sua empresa. A complexidade é alta, pois além do ICMS há o PIS e a COFINS. Pagar o imposto sobre a alíquota errada pode sair mais caro do que se imagina! E não se resume a isso, pois há outras informações como o NCM e o CEST, que fazem parte do cadastro, e são fundamentais para a geração das obrigações acessórias do Sintegra ou do Sped.

A boa notícia é que existem serviços e ferramentas no mercado que realizam esse trabalho para sua empresa. É o caso do software de validação tributária, oferecido por empresas especializadas em legislação tributária, para garantir a atualização correta do cadastro de produtos.

3 dicas de como evitar gastos desnecessários no varejo

 

3. Controle de Estoque

Para a maioria dos varejistas, o estoque corresponde a grande parte do ativo da empresa. Ao gerir o estoque o varejista evita gastos desnecessários com compras de produtos que já tem estoque suficiente ou de baixo giro, deixa de perder produtos pelo vencimento e, até mesmo, descobre fraudes de clientes e funcionários. Faz parte dessa gestão o processo de inventário, para checar os seus controles com o estoque real. E lembre-se da máxima de que uma empresa bem controlada, por si só, desestimula a ocorrência de fraudes.

Você conhece as 10 principais causas de problemas no estoque? Veja nesse artigo. 

Para evitar gastos é preciso começar com o básico

Com essas três ações, sua loja pode reduzir consideravelmente gastos desnecessários. O processo é gradual, por isso, comece do básico com disciplina e determinação.

Além de evitar gastos desnecessários, quer saber como reduzir despesas? Nesse post damos algumas dicas importantes: Conheça 4 dicas para reduzir custos no varejo. Confira e compartilhe com seus colegas e amigos!

Ficou com alguma dúvida sobre as dicas para reduzir gastos? Escreva para contato@infovarejo.com.br

Publicidade