Minhas vendas no cartão não batem. O que fazer?

As vendas no cartão são responsáveis por grande parte dos recebimentos do varejo, em pesquisa realizada pela Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) em 2016, foi constatado que o recebimento de cartões representa mais de 30% do faturamento de um varejista.

Minhas vendas no cartão não batem. O que fazer?
A segurança de não andar com dinheiro em mãos e a possibilidade de parcelamentos são as comodidades que levam o consumidor a escolher essa forma de pagamento. Sendo assim não aceitar cartões em sua loja resultará em perda de vendas.

Para você, varejista, leia sobre as vantagens em aceitar cartões nesse artigo.

Complexidades para o varejista

O processo de recebimento de cartões tem duas características, que tornam o processo complexo e cheio de armadilhas. São elas:

A primeira é uma questão temporal, pois o valor da transação não é repassado no momento da venda, isso causa um problema no fechamento de caixa.

A segunda é o fato de que não é recebido o valor integral dessa venda, existem os descontos cobrados pela operadora de cartões pelos serviços prestados.

Portanto, controlar as vendas no cartão passa a ser um processo relativamente complexo.

Antes de saber o que fazer quando as vendas no cartão não batem, é necessário saber o motivo.

Basicamente existem três razões:
1. Taxas e tarifas das operadoras

Existem taxas que incidem sobre o valor da venda, essas taxas variam de bandeira para bandeira, mesmo quando efetuadas na mesma operadora, complicando ainda mais o controle das taxas cobradas.

As tarifas são cobradas por serviços prestados pela operadora de cartões como aluguel das maquinas POS e/ou PinPAD.

Ou seja, olhando o extrato final da operadora, com certeza o valor não baterá com o total de vendas realizadas.

2. Estornos (Chargebacks)

Pode acontecer do cliente não reconhecer uma compra, mesmo que a compra tenha sido efetuada usando cartão com chip e senha, e também, infelizmente, existem fraudes, nesses casos a operadora estornará o valor da venda.

É importante ficar atento, pois todos estornos devem ter um motivo formalizado e devem ser registrados, para que a loja adote medidas e políticas para evitar essas situações.

3. Lançamentos que não são realizados

Eventualmente pode acontecer da operadora não realizar o pagamento de uma venda.

Isso pode acontecer pelo cancelamento da venda no próprio POS e PinPAD ou por uma falha operacional da operadora de cartões. Essas falhas podem acontecer devido às vendas com o mesmo valor para o mesmo cartão realizadas no mesmo período de tempo, ou devido ao não registro de uma venda pela operadora.

São algumas situações, normalmente exceções, que podem acontecer no recebimento de cartão e que são difíceis de prever. Mas, que geram prejuízos para sua empresa.

Ok, mas minhas vendas no cartão não batem, e agora, o que fazer?

O primeiro passo ao descobrir a irregularidade é entrar imediatamente em contato com sua operadora de cartões, explicar o erro encontrado e buscar informações sobre o ocorrido.

Feito isso, você pode realizar algumas ações na sua loja, inclusive, para eliminar a possibilidade dessas irregularidades.

Confronto diário das vendas

Não tem jeito, essa parte é realmente manual. É preciso conferir venda a venda, e isso acaba sendo moroso.

Se a sua loja utiliza o POS, (a maquininha), será preciso manter todos os comprovantes das transações arquivados. Com os comprovantes gerados após cada venda ou os gerados pelo balanço diário da maquininha, será possível conferir se todas as vendas foram reconhecidas e repassadas pela operadora.

Se você tem TEF o controle se torna mais fácil, pois é possível gerar um relatório no sistema com as vendas de determinado período e assim analisar o número de transações efetuadas, confrontando o valor repassado e o valor que deve ser recebido.

Por meio do TEF o erro é encontrado de forma rápida e com maior facilidade.

Conciliação de cartões através de um software

Se você possui um software de conciliação bancária esse processo é resumido em poucos passos. Esse sistema busca todos os lançamentos e administra se as taxas e tarifas estão sendo cobradas de maneira correta, previstas em contrato.

Além disso, se o conciliador estiver integrado ao seu software do PDV, você elimina as chances de não receber uma venda, pois, a venda estará registrada no seu sistema, garantindo todos os recebimentos.

Use a tecnologia a seu favor!

Controlar as vendas de cartão de sua loja é um processo fundamental para o controle financeiro. Um controle eficiente impede que aconteçam erros no fechamento do caixa, evitando prejuízos ao bolso do varejista.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário.

Ficou com alguma dúvida? Mande um e-mail para:

contato@infovarejo.com.br

 

 

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *