Sua operadora de cartões erra ao aplicar taxas? Saiba o que fazer.

Manter um controle sobre as taxas cobradas pelas operadoras de cartões pode se tornar um grande problema para o varejista. O processo de transações de vendas em cartão é complicado, pois pode envolver trâmites que envolvem a loja, as operadoras e bancos.

Como deixar de receber cartões não é uma opção, é fundamental controlar controlar suas vendas com precisão evitando taxas indevidas.

Sua operadora de cartões erra ao aplicar taxas? Saiba o que fazer.


Conciliação das vendas em cartão é fundamental para controlar as taxas

A possibilidade de erro existe devido ao grande número de bandeiras, possibilidade de parcelamentos, fraudes, e principalmente o grande número de taxas cobradas pelas operadoras de cartões.

Portanto, conciliar as vendas em cartão é fundamental, pois são muitos os riscos de prejuízos e descontroles, um software que realize a conciliação das vendas em cartões é um grande aliado para conseguir detectar e provar esses erros.

Na prática, veja o que fazer para descobrir e não levar prejuízo nessas situações

Preparamos um passo a passo simples para você aplicar em sua loja e descobrir como detectar e o que fazer para evitar a cobrança de taxas indevidas ou abusivas por parte da operadora de cartões:

1. Confrontar o valor em contrato com o real que esta sendo cobrado

A primeira atividade que deve ser realizada é o confronto entre o que foi combinado com a operadora de cartões e o que realmente está sendo cobrado. Por isso é fundamental ter arquivado o contrato da prestação de serviços, nesse contrato deverá constar exatamente o valor correto que deverá ser cobrado.

As taxas de antecipação merecem atenção especial, pois esse recurso é constantemente usado por varejistas e com isso, algumas, operadoras de cartões se aproveitam para efetuar a cobrança abusiva de taxas.

O confronto dos valores deve ser feito de forma minuciosa pelo responsável financeiro da empresa, um software de conciliação de cartões permite que esse confronto seja realizado de forma automática e rápida, agilizando o processo e diminuindo as chances de erros no confronto.

2. Provar o erro na cobrança

Comprovado o erro na cobrança das taxas é preciso provar esse erro, o contrato que foi confrontado e os últimos lançamentos recebidos serão os grandes responsáveis por provar que de fato aconteceu erro na cobrança por parte das operadoras de cartões.

3. Solicitar à operadora de cartões reembolso dos valores cobrados

O reembolso das taxas cobradas de forma indevida deve ser feito diretamente com a operadora de cartões.

Nota-se que quanto mais rápido for descoberta a cobrança indevida mais rápido será feito o reembolso, desta forma a principal dica é investir no controle de todas as vendas realizadas por meio de cartões, evitando passar irregularidades.

No varejo a linha que separa lucro e prejuízo é muito tênue, dessa forma a sobrevivência do seu negócio está relacionado ao controle que é feito sobre as despesas da loja.

Atualmente as vendas em cartões representam boa parte do total de vendas, sendo assim o controle dessas vendas assume um papel importante nas rotinas financeiras da empresa. Um software conciliador de cartões automatiza esse processo e aumenta as chances de evitar erros que geram prejuízos.

Não deixe para começar a controlar suas vendas amanhã.

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais.

Ficou com alguma dúvida? Mande e-mail para:

contato@infovarejo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *